Muitos #Animais são abandonados com mais frequência em praças, parques e outros lugares públicos. Em Fortaleza, os animais que forem encontrados nesta situação receberão todo mês um atendimento veterinário durante a consulta de agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) nesses determinados locais. Entre os serviços prestados, terão direito a vacinação contra a raiva e outras doenças, exames para descoberta de leishmaniose e cuidado veterinário para casos de parasitoses.

O projeto faz parte do programa "Abandonar é Crime", da Prefeitura, que tem o objetivo de informar e mostrar para a população que maus-tratos e abandono de animais ainda existem e devem ser combatidos.

Publicidade
Publicidade

Para a realização do projeto, o Estado de Fortaleza contará com vinte profissionais da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) e do CCZ, como por exemplo, assistentes sociais, veterinários e alunos da área ambiental, que visitarão os lugares com maior aglomeração de animais abandonados e também buscarão conscientizar a população sobre esse tema tão delicado.

Ontem, durante a primeira visita dos profissionais no parque Adahil Barreto, proprietários de animais, entidades e cidadãos da região participaram da conscientização ministrada pela Seuma e o CCZ. A cobrança maior foi com relação a fiscalização e a moderação das práticas de maus-tratos naquele lugar. Segundo Patrícia Soares, protetora independente de animais, "se não existir fiscalização o caso de animais abandonados no parque só intensificará".

Publicidade

Para Floriana Oliveira, outra protetora, "a presença de guardas nesses ambientes onde há maior número de animais domésticos inibiria as agressões e maus-tratos".

Segundo a Seuma, guardas municipais passarão a se capacitar para controlar e frustrar qualquer tentativa de abandono e agressões aos animais. Segundo a lei nº 9.605/98, “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos” resulta em multa e detenção de três meses a um ano.

Leia mais:

Legislação contra maus tratos

Resgate de cão abandonado #Natureza #Medicina