Uma campanha será iniciada no dia 24 de dezembro e se estenderá até o dia 29 de fevereiro de 2016, a mesma tem o nome 'Operação Verão', e quem está a frente é a Capitania dos Portos do Ceará. O número de militares que será utilizado é 47, que terão a disposição botes infláveis, lancha e moto aquática.

Um dos principais objetivos da intensificação durante esse período, segundo a Capitania, é que as irregularidades, infrações e os acidentes que acontecem com embarcações, sejam reduzidos ou zerados. Para isso, as pessoas que conduzem embarcações serão orientadas de forma a evitar problemas futuros.

Alguns itens durante a inspeção serão verificados, como: documentos das embarcações, licença para conduzir a embarcação, boias e coletes salva-vidas, luzes de navegação, se os extintores de incêndio estão dentro do padrão, número de passageiros, e mais outras coisas.

Publicidade
Publicidade

Extensão territorial de atuação

Os locais onde os acidentes náuticos acontecem com maior frequência serão os mais priorizados, entre esses podem ser listados: Banabuiú (município de Banabuiú), Orós (município de Orós), Lagoa do Banana (município de Caucaia), Praias da Caponga, Enseada do Mucuripe, Águas Belas (município de Cascavel), Lagoa do Catu, Açudes de Trussu (município de Iguatu), e mais outros locais.

Na última operação, que aconteceu do ano passado para o corrente ano, um total de 1.871 embarcações foram verificadas pelas equipes da Capitania dos Portos do Ceará. 375 eram de pesca e 1.496 eram de esporte, ainda foram emitidas 243 notificações, que se transformaram em 126 atos de transgressão. 25 embarcações foram presas e foram abertas 7.  Ainda foram realizadas 25 apreensões de embarcações.

Publicidade

#Dicas para que sua viagem seja a melhor possível nas embarcações:

1 - A embarcação deve ter todos os itens de segurança e salvamento.

2 -  A manutenção da embarcação deve estar em dias.

3 - O prazo de validade e o estado dos extintores de incêndio devem ser respeitados. 

4 - Fique atento para não ultrapassar o número máximo de passageiros na embarcação.

5 - O número de coletes salva-vidas deve ser o suficiente para todos que estão a bordo.

6 -  A velocidade com que a embarcação é conduzida é primordial para evitar acidentes.

7 - Conduza sua embarcação com prudência e em velocidade compatível para evitar acidentes.

8 - Praias e banhistas devem ficar longe das embarcações, para isso o condutor deve estar atento sempre.

9 - Evite sujar rios e mares.

10 - Se beber não dirija. #Comunicação #Legislação