O processo de requerimento da Carteira de Estudante 2016 foi iniciado nesta segunda-feira (25), pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

Procedimento

Para completar o procedimento, é preciso que o aluno realize a solicitação da carteira, entregue os documentos necessários e realize um registro de biometria facial. Estudantes que se cadastraram no sistema de biometria anteriormente poderão entrar com o pedido da carteira estudantil sem passar novamente por esta etapa.

Alunos da rede pública (municipal e estadual) de #Educação não precisam pagar para obter o documento, que garante o pagamento de meia passagem em transportes públicos e de meia entrada em atrações como teatros e cinemas.

Publicidade
Publicidade

Os estudantes da rede privada, no entanto, terão de desembolsar um valor que pode variar entre R$ 20,00 a R$ 25,00.

Solicitação

A solicitação para o recebimento da carteira 2016 será diferente para alunos do ensino fundamental, médio e superior da escola pública e privada. Alunos de escolas/universidades particulares deverão requerer seu boleto impresso na secretaria da instituição ou pela internet, entregar os documentos exigidos na instituição de ensino ou na Etufor (sede) e cadastrar-se no sistema de biometria facial (caso ainda não o tenham feito);

No caso dos alunos de ensino médio e fundamental de escolas municipais ou estaduais, é dever da secretaria da instituição onde o estudante está matriculado realizar a solicitação da carteira estudantil;

Alunos de ensino superior e técnico da Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), podem realizar seu pedido através da internet.

Publicidade

Além de garantir a meia entrada em atrações de cunho cultural, a carteirinha estudantil também exerce a função do "bilhete único", dispensando a necessidade de outro cartão. Ao aproveitar essa vantagem, o aluno poderá pagar meia passagem ao fazer integrações no período de até duas horas.

O "bicicletar", sistema de uso de bicicletas compartilhadas implementado em várias regiões da capital, também poderá ser desfrutado utilizando-se a carteira de estudante. #Governo