O #Governo do Estado do Ceará, anunciou, nesta sexta-feira (22), que irá conceder reajuste de 10,76% para servidores estaduais que ganham o piso nacional. A notícia do reajuste foi dada, em primeira mão, durante reunião com o secretário de Planejamento do Estado, Hugo Santana de Figueiredo Junior. A ocasião marcou o primeiro encontro do ano da atual secretaria na chamada Mesa Estadual de Negociação Permanente (MENP). O reajuste beneficiará cerca de 20 mil funcionários de um total de 140 mil, que englobam servidores da ativa, aposentados, inativos e pensionistas.

O reajuste já foi definido pelo governo

Pelo reajuste do governo do Ceará, o valor atual da remuneração passará dos atuais R$ 813,51 para R$ 900,31, com um percentual de 10,67% de reajuste, sendo um valor de reposição de acordo com o atual IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Publicidade
Publicidade

O governador encaminhará a proposta pronta para análise na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, que deverá apreciá-la e colocá-la em votação logo nos primeiros dias de reabertura do ano legislativo.

As negociações com as entidades sindicais

O Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Ceará apresentou uma proposta de aumento de 12,57%. O Governo do Estado sinalizou com a posição de se dispor para negociação com todas as categorias de servidores do Estado.

De acordo com o secretário de Planejamento, a questão de aumento salarial deve ser tratada com prudência e equilíbrio, para que o governo não caia no mesmo erro das outras gestões estaduais no Brasil, que não conseguiram honrar os seus compromissos com os seus servidores. O atual governador quer evitar o que está acontecendo com outros Estados, no qual o funcionalismo estadual está sofrendo com atrasos nos pagamentos de salários, ou então, os mesmos estão sendo pagos de maneira parcelada.

Publicidade

Com relação aos demais servidores, que não serão contemplados com este reajuste (cerca de 120 mil), o governo deverá aguardar a chegada do mês de abril. De acordo com o secretário, neste período deverá haver uma melhor definição do quadro econômico que o país está atravessando, e então serão tomadas novas decisões a respeito de um novo reajuste. De acordo com Osmarina Modesto, diretora financeira do Sindicato dos Servidores Estaduais, o reajuste que for concedido neste mês deverá ser retroativo a primeiro de janeiro deste ano. #Trabalho #Finança