Mais uma mulher foi vítima de #Violência. Agora foi uma turista da Lituânia, de 42 anos, que foi violentada e assaltada. O fato aconteceu na semana passada, no sábado (28), no interior do Ceará, na cidade de Amontada. A turista teve seus documentos, celular e todo seu dinheiro levado pelo criminoso. Após o #Crime, ela conseguiu pedir ajudar para um homem numa topique que passava pelo local e foi socorrida.

O crime aconteceu por volta de 14h da tarde de sábado na rodovia CE-085. A vítima teria se afastado um pouco do grupo, quando o criminoso aproveitou para abordá-la. O suspeito puxou a sua bicicleta para o acostamento, onde tinha uma mata e lá a violentou.

Publicidade
Publicidade

A mulher estava com um grupo de nove ciclistas da Lituânia e da Polônia que fazia uma passagem de Jericoacoara a Fortaleza.

A turista foi encaminhada para o IML de Sobral, onde realizou exames e depois foi hospitalizada em um hospital da cidade. A turista recebeu todo atendimento e depois foi liberada, informou a Santa Casa de Sobral, hospital onde foi atendida.

Os turistas que acompanhavam a mulher participavam de uma expedição de Londres com destino ao Rio de Janeiro, desde fevereiro, e já cruzaram vários países. No Brasil, passarão por Roraima, Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais, tudo para chegarem ao Rio de Janeiro para acompanhae às Olimpíadas.

O caso é investigado pela delegacia da cidade de Acaraú, com o apoio da Delegacia Municipal de Itarema e da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotur), informou a Secretaria da Justiça e Defesa Social (SSPDS).

Publicidade

Relato de um morador sobre a área em que a turista foi atacada informa que aquele é um trecho deserto, com poucas casas. “As casas no trecho se distanciam muito uma da outra. É uma área muito perigosa, sempre tem assalto. É uma área turística, mas que a pouco se vê passar polícia no local”, criticou.

Os casos de assaltos seguidos de violências contra turistas só aumenta no Ceará. No dia 29 de fevereiro deste ano, uma turista japonesa, Rika Yamane foi espancada, assaltada e sofreu uma tentativa de estupro na Praia do Futuro. E em dezembro de 2015, outro caso ocorreu com uma turista alemã que estava na Praia de Jericoacoara quando foi violentada por um criminoso. #Casos de polícia