Uma pesquisa realizada em parceria com o jornal O Povo e o instituto Data Folha e publicada nesta segunda-feira, dia 22, pelo mesmo, procurou avaliar a opinião dos habitantes de #Fortaleza em relação aos serviços básicos municipais que são oferecidos pela atual gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT-CE). Em período eleitoral, os resultados obtidos poderão servir de parâmetro para que os atuais candidatos possam adequar as suas plataformas políticas às reais necessidades da população que faz uso e depende exclusivamente dos equipamentos públicos municipais.

A pesquisa foi realizada nos dias 18 e 19 de agosto, e abrangeu os usuários dos serviços públicos do município nas várias faixas etárias de idade, sexo, renda e índice de escolaridade.

Publicidade
Publicidade

Foram ouvidos, no total, cerca de 800 fortalezenses que foram solicitados a opinar sobre os serviços de #Saúde, educação, trânsito, iluminação pública, coleta de lixo, transporte público, lazer, atividades culturais, qualidade do serviço de asfalto e condições atuais de moradia. Na apuração e análises dos dados, foi considerado uma margem de erro de cerca de três pontos percentuais a mais ou a menos.

Na avaliação dos resultados, o item saúde municipal se destacou pela pior avaliação entre todas as faixas de idade, renda e escolaridade. Dos entrevistados, 59% consideraram a gestão atual como péssima ou ruim. Somente 15% opinaram como bom ou ótimo. Ainda para este tipo de serviço, quando perguntados sobre a postura do atual prefeito Roberto Cláudio, 65% dos fortalezenses se declararam decepcionados com o mesmo e avaliariam que o gestor fez muito menos do que prometeu na sua campanha política.

Publicidade

Somente 20% opinaram a favor de que ele correspondeu às suas expectativas e 10% consideraram algumas realizações feitas como além do esperado. 

Em termos de insatisfação, os serviços de trânsito aparecem em segundo lugar seguido do sistema de educacional municipal em terceiro, com 43% e 42%, respectivamente nesta ordem. Por outro lado, a coleta domiciliar de lixo foi considerado o serviço mais bem avaliado com um índice de aprovação de 65% em todas as faixas de idade, renda e sexo e chegou a ter 70% de satisfação para os pesquisados que possuem entre 45 e 59 anos. Neste segmento, aparecem os serviços de iluminação e a promoção de atividades ligadas ao lazer e cultura, com índices de aprovação de 53% e de 40%, nesta ordem. Por último, aparecem empatados o serviço de limpeza das ruas (32%) e de moradia (33%), seguido do serviço de asfalto que cobre toda a capital, com 36% de satisfação.     

  #Gestão municipal