Um assalto inusitado chamou atenção da população do bairro Conjunto Ceará, na capital #Fortaleza. Um funcionário da Cagece (Companhia de Água e Esgoto do Ceará) foi assaltado por dois homens, na última segunda-feira (20). Eles chegaram em uma moto e atacaram o funcionário.

Até aí tudo bem, mas o que chamou a atenção foi o fato de os dois assaltantes serem #Deficientes: um tem deficiência visual e o outro possui somente uma perna.

No assalto, a vítima teve a mochila e seu aparelho celular subtraídos ela a dupla. A polícia liberou imagens das câmeras de segurança, em que é possível ver como foi realizada a abordagem ao funcionário. Os dois se aproximam da vítima, um saca o revólver e ataca o homem, enquanto o outro espera na moto. Alguns moradores da região disseram que o acusado que é deficiente visual perdeu a visão em um dos olhos depois de ter levado um tiro no rosto, há alguns anos.

A população relata que os dois já são velhos conhecidos no bairro e que sempre praticam assaltos na região. O #assalto tem chamado muita atenção nas redes sociais, pelo o fato de os bandidos serem deficientes.

Os dois foram flagrados pela as câmeras e as imagens foram divulgadas pela a polícia. Ao assistir o vídeo, é possível ver que um dos homens que pilota a motocicleta tem apenas uma perna e o outro, que carrega a arma, é deficiente de um olho. A motocicleta usada no crime é uma "Biz", conforme mostram as imagens abaixo:

O caso aconteceu na terceira etapa do Conjunto Ceará, na rua 727. Um morador que presenciou o roubo afirmou que pelo menos mais quatro assaltos aconteceram nas proximidades. Ainda de acordo com a testemunha, os bandidos atacam sempre ao meio dia, quando as lojas fecham e as ruas ficam desertas, aproveitando-se do pouco movimento para agirem.

O 12º Distrito Policial entrou em contato com o site Tribuna do Ceará e informou que já tem os nomes dos acusados, mas que não iria divulgar para não atrapalhar as investigações. Porém, pouco mais de 48 horas depois que os homens foram filmados, a polícia ainda não conseguiu encontrar os acusados.

A Secretaria de Segurança e Defesa Social (SSPDS) divulgou uma nota na manhã desta quarta-feira (22) informando que os homens ainda não foram localizados.