Aproximadamente seis homens armados com revolveres e pistolas atacaram um grupo de jovens que estavam sentados em uma praça do bairro Padre Andrade, em Fortaleza. O ataque aconteceu por volta das 16h30min da tarde de quinta-feira (30). A polícia ainda não sabe ao certo quem seriam os alvos, mas acredita que o ataque seria por disputa de território do #tráfico de drogas na região.

Publicidade

As informações colhidas pelo o Sargento Mikael dão conta que logo quando os suspeitos chegaram ao local, começaram a disparar contra as pessoas que estavam na praça. Uma vítima, que foi socorrida pela a polícia, disse que estava passando pelo o local para comprar pão em uma padaria quando começou o tiroteio..

Publicidade

Na #chacina morreram Antônio Dionísio Duarte, de 31 anos, Alex Bruno de Sousa Ferreira, de 21, e Jaime Barros de Almeida 32 anos. Três pessoas que também foram atingidas foram atendidas no Frotinha Antônio Bezerra e Dr. José Frota (IJF).

As câmeras de segurança de uma casa flagraram o momento do ataque criminoso. No vídeo, é possível observar que os suspeitos chegaram em três motocicletas e atiraram contra um grupo que estava reunido na pracinha Luciano Cardoso. Entre as pessoas que foram atingidas, estão um paulista, um entregador de água e um garçom.

Os policiais do 33° DP (Barra do Ceará), 7° DP (Pirambu) e a Divisão de Homicídios, divulgaram uma lista de seis suspeitos identificados nesta sexta-feira (31). São eles três adolescentes, um tem apenas 13 anos, e três adultos, informaram as equipes policiais. O #tiroteio.seria devido à execução de uma vítima, que foi assassinada no mês passado na Lagoa do Urubu e, segundo consta, o homem não era envolvido com tráfico de drogas..

Publicidade

Após o tiroteio, equipes policiais começaram buscas na redondeza e conseguiram prender Pablo Gabriel Martins Gomes, além de um adolescente de 17; os dois são suspeitos do ataque a praça. Segundo o Coronel Francisco Souto, comandante do policiamento da capital cearense, os dois são moradores do bairro Álvaro Weyne e já possuem uma ficha criminal extensa. Veja o vídeo.