O Rio Tietê nasce a 840 m de altitude na pequena cidade de Salesópolis ( SP), situada na regiãp da serra dp Mar. Atravessa o estado de São Paulo na direção de leste a oeste, desaguando no Rio Paraná. É incrível, mas é o único rio que conheço e não desagua no Mar. Bem, esse maravilhoso rio que fez parte importante da História do Brasil, pois foi através de sua águas que os Bandeirantes navegaram, fundando importantes cidades do estado de São Paulo. Atravessa diversas importantes barragens e entre elas a de Barra Bonita com o mesmo nome da cidade que vamos destacar neste artigo. O rio Tietê foi muito utilizado no passado para a navegação e até para a prática de esportes náuticos.

Publicidade
Publicidade

A partir de 1950, começou sua quase irrevogável poluição,por causa do crescimento populacional e industrial. Suas águas límpidas começaram a receber o lixo doméstico e industrial sem nenhum tipo de tratamento, ocasionando o caos. Após forte mobilização popular o governo paulista deu início ao projeto paulista Tietê Vivo, ainda em execução que tem apresentado bons resultados,pois parte de seu esgoto recebe tratamento. A partir daí se a cidade de Barra Bonita ficou conhecida por ter um dos trechos deste rio menos poluída, tornando-se uma cidade turística com uma das paisagens mais lindas à beira do Rio Tietê. A cidade de Barra Bonita recebe turistas de todo o Brasil, e porque não dizer também muita gente do mundo. Sua paisagem à beira do Rio Tietê é belíssima, chegando a ser cenário até mesmo de bons filmes, como posso destacar uma produção brasileira com o título de "Entre Amigos".

Publicidade

Temos divertidos passeios de navios, que além de navegarmos nas águas límpidas do rio e conhecermos a Eclusa, também nos deliciamos com a ótima culinária local a bordo. Já quem aprecia sair do estresse e se divertir com uma bela pescaria, ficará satisfeito pois poderá levar para casa tilápias, cascudos e até mesmo dependendo do trecho pintados. Então, saia do lugar comum e venha se deslumbrar com o Rio Tietê em Barra Bonita, onde o impossível já acontece navegar e pescar em um dos rios outrora mais poluídos do mundo.