No último artigo, começamos a dar dicas para programar as festas de final de ano desde já. Você viu? Caso não tenha lido, clique aqui e anote nossas sugestões. Hoje, como prometido, vamos dar mais algumas dicas de como organizar a sua festa. Confira!

Dicas para programar as festas de final de ano

  • Alternativas para famílias com crianças e idosos: a mesa pode ser posta mais cedo e as pessoas servem-se conforme a conveniência, deixando todo mundo a vontade. É uma confraternização e rigidez não combina com essas coisas. Deixemos a meia noite para os abraços e troca de presentes.
  • Cardápio: Tomadas essas decisões, o que servir? Entre as carnes o pernil, lombo, peru e frango são as mais comuns, mas nada impede que você prepare uma bela carne assada, um salmão ao forno... Isso depende do gosto das pessoas. Procure só não exagerar para que o almoço de natal não seja só um repasse. Divida as opções do que vai servir de forma que, mesmo deixando tudo pronto no dia anterior, você sirva coisas diferentes na noite e no almoço.
  • Alternativa vegetariana: para os que não comem carne pode ser feita uma deliciosa lasanha de berinjela. É saborosa e agrada a todos.
  • Sobremesas: temos que pensar além dos doces tradicionais. A verificação de que algum dos convidados não pode comer açúcar por problemas de saúde ou mesmo um regime alimentar pode tornar a sobremesa um momento muito delicado e causar uma "saia justa". Sugerimos que se prepare ao menos uma sobremesa diet. Nos dias de hoje qualquer prato pode ser adaptado à restrição de açúcares convencionais, tendo em vista acharmos adoçantes que agem como o açúcar, leite condensado diet. Não há mais desculpas para não agradarmos aquele que já tem em sua alimentação tantas restrições.
  • Dicas para a mesa: não se esqueça das saladas que nesta ocasião têm até uma função decorativa e muitas frutas. Sua mesa ficará linda se usar frutas na #Decoração.
  • Bebidas: os refrigerantes e cervejas costumam ser as mais consumidas, mas um bom vinho, adequado ao que se serve (tinto para as carnes vermelhas e branco pra os peixes e carnes brancas) e o famoso espumante para a meia noite não podem faltar. Afinal, é uma ocasião especial. Nesse momento, para não se deixar a criançada e adolescentes de fora, sugerimos as cidras sem álcool existentes de várias marcas e preços no mercado. Se houver possibilidade você pode também fazer alguns sucos. Normalmente essa época é bem quente em nosso país e sucos tropicais são sempre bem-vindos.
  • Quem vai pagar: tudo resolvido! Cardápio feito, resta pensar e discutir se alguém patrocina sozinho a ceia ou se, como é de costume, cada um faz uma parte. Assim, não sobrecarrega nem financeiramente nem com trabalho ninguém. Não pense que dividir despesas nos tempos atuais possa ser deselegante. Não, além de ser comum, faz com que todo mundo fique à vontade tendo em vista que todos ajudaram.
  • Dica: como uma última dica, compre duas lembrancinhas unisex, que sirva pra criança e adulto, tipo caixa de bombom, pra caso apareça um convidado surpresa. Assim, evitará constrangimento na hora da troca de presentes.

Tudo certo! Seu natal vai ser maravilhoso. Sem correria e sem estresse. #Família