A beleza natural de Ilhabela, Litoral Norte de São Paulo, encanta aos olhos de quem chega pela travessia de balsa. Não importa quantas vezes você vier ao arquipélago, será sempre surpreendido pelos encantos da #Natureza. Com cerca de 80% de sua extensão territorial em área de preservação, dentro do Parque Estadual de Ilhabela, com mais de 27 mil hectares preservados, a cidade, além de toda sua infraestrutura urbana para receber bem o turista com hotéis, pousadas, bares, boates e restaurantes também colhe os frutos do investimento em ecoturismo.

Com a chegada da temporada de verão aumenta a procura nas agências por passeios a praias isoladas, trilhas na mata, mergulho e passeio por cachoeiras. O arquipélago possui 365 cachoeiras, sendo que de acordo com a secretaria de #Turismo, nesse total ainda estão incluídos rios e córregos. Pela costa da ilha, o turista encontra 42 praias ao longo de 130 km que vão agradar todos os estilos."Para nós nativos todo tipo de nascente consideramos cachoeira", informou o setor de informações turísticas da prefeitura. "São centenas de nascentes que formam piscinas naturais e enormes quedas d'água". 
Mas apenas quatro possuem fácil acesso e caminhadas podem ser feitas individualmente com a ajuda da sinalização e dos funcionários do parque. Em nenhuma é cobrada entrada ou taxa. A tentativa mais recente de cobrar taxa para o acesso até a Praia de Castelhanos gerou polêmica nas últimas semanas e está temporariamente suspensa.

3 Tombos

Logo na saída da balsa, conforme se avança para o sentido sul da ilha, o turista vai percebendo que está deixando o cotidiano corrido dos centros urbanos. Canto dos pássaros, ar puro, brisa do mar são só algumas das características perceptíveis pelo trajeto de 5km até a Praia da Feiticeira, que dá acesso à trilha que leva à Cachoeira dos 3 Tombos. 
De ônibus, desça no ponto próximo ao Posto da Polícia Militar. Se estiver de carro, estacione e vá a pé para aproveitar o visual das paisagens da trilha que tem 720m e 3 quedas d'água. Da rodovia até a imponente cachoeira, ainda é necessário andar mais 2 km a pé. O passeio também pode ser monitorado por guias turísticos e jipeiros que conhecem bem a região. As trilhas são divididas em níveis de dificuldade baixo, médio e alto.

No caso da trilha dos 3 tombos, especificamente, ela é a mais curta e acessível aberta à visitação.

Publicidade
Publicidade

"É um lugar maravilhoso, de paz, para recompor as energias. As cachoeiras parecem que são esculpidas por Deus, parecem santuários", comentou o técnico de enfermagem, Marcelo Soares, 32 anos, de Suzano, na região metropolitana de São Paulo, que aproveita algumas semanas de folga com a família na ilha pela terceira vez. "Sempre queremos voltar", afirmou. #Entretenimento