Ela é inteligente, crítica, perspicaz, questiona a sociedade e seus valores e, apesar de ter completado 50 anos, seus pensamentos continuam tão atuais como nunca. Ela é a Mafalda, a garotinha de 6 anos, criada pelo cartunista argentino Quino, que conseguiu, através da menina, criticar um contexto político e econômico da Argentina nos anos 60 e início dos anos 70, em uma época em que qualquer referência contra às posições oficiais da nação era coibida pelos militares - o que não aconteceu com Mafalda, talvez pelo fato de o entendimento ser que era apenas um #Entretenimento. Mafalda tem fãs espalhados pelo mundo inteiro, e é um símbolo de pessoas que possuem um olhar crítico da vida mas ao mesmo humanista, e que desejam e sonham com um mundo melhor.

Publicidade
Publicidade

Ela gosta dos Beatles e odeia sopa - segundo Quino, a sopa era uma referência aos governos militares, que apesar de não gostar, precisava suportar. As suas inquietudes nos fazem também pensar sobre a vida, nos fazem questionar da mesma forma que a personagem e é isso que a torna tão especial - esse é o motivo pelo qual ela marcou a infância e principalmente a juventude de muitas pessoas.

As tirinhas da Mafalda trazem vários outros elementos relacionados à sociedade e que podem facilmente ser reconhecidos nos outros personagens, como a mãe que tem pouco estudo e a filha a vê como medíocre (contextualizado como crítica à mulher ser apenas dona-de-casa e cuidar de marido e filhos), a sua tartaruga que se chama Burocracia, Liberdade, que é uma menina muito pequena, tem a amiga fútil, o amigo que sempre interpreta o que ela fala de forma literal, o amigo que só pensa em dinheiro, entre outros.

Publicidade

Mafalda ganhou, em 2005, uma praça em Buenos Aires, sua cidade natal. Na praça tem uma estátua em sua homenagem, que se tornou um ponto turístico muito visitado - tornou-se quase obrigatório a quem visita Buenos tirar uma foto com a Mafalda. Além da estátua, a praça é repleta de painéis com as suas tirinhas.

Sobre a mostra "O Mundo de Mafalda"

A mostra começou na Argentina, depois foi para o México, para o Chile e para a Costa Rica. E agora, para nossa felicidade aporta em terras brasileiras, mais precisamente em São Paulo. Na mostra você verá reprodução de cenários, desenhos originais, reproduções de cenários das suas histórias. Isso inclui o apartamento da Mafalda, muitas imagens e vídeos.

Onde e quando

A mostra tem início em 16 de dezembro e fica até 28 de fevereiro de 2015, no horário de 9h às 20h. O local da exposição é na Praça das Artes, no centro de São Paulo. Não perca essa oportunidade de ver esse mundo tão rico em consciência e reflexão.

"E não é que neste mundo tem cada vez mais gente e cada vez menos pessoas?", Mafalda.