A época de final de ano e festas faz com que fiquemos emotivos, pois é uma data que nos faz relembrar de momentos que passamos em família quando crianças ou de pessoas que já se foram e, é claro, de quem tem pouco na vida - o que não significa que não seja feliz - e que não possa cear com a família ou mesmo comprar um simples brinquedo para os filhos.

Usemos a nossa boa vontade e façamos algo por alguém nesse Natal, pois muitas vezes o que é tão pouco para nós faz a diferença na vida de outro. Vamos levantar algumas ações que podem sair do papel e do pensamento e serem realmente praticadas?

Como levar o espírito natalino até quem precisa

1. Sei que agora já é tarde, mas certamente muita gente já participou da campanha dos correios, que distribuem cartinhas com pedidos de crianças - uma grande chance de fazer uma criança feliz no Natal. Mas fique atento, todos os anos os Correios fazem essa campanha.

2. Orfanatos e asilos sempre estão de portas abertas a quem quiser fazer doações - não precisa ser dinheiro, podem ser alimentos, roupas (inclusive roupas usadas), brinquedos ou qualquer outro item que venha a somar na rotina dos nossos idosos e dessas crianças que foram deixadas pelos pais. Aqui até mesmo uma visita é sempre bem-vinda e sempre esperada por eles.

3. Todo mundo sempre conhece alguém - ou tem um amigo que conheça - a quem uma ajudinha é sempre bem-vinda. De novo, não precisa ser dinheiro, pode ser até mesmo algo que você queira se desfazer, ou uma ajuda com alimentação - mesmo uma cesta básica. Às vezes essa ajuda chega em uma hora muito apropriada.

4. Alguns shoppings, lojas e supermercados têm uma árvore de natal na entrada, com pedidos de crianças de localidades carentes. Caso seja possível, faça essa doação. Crianças são fáceis de agradar, na verdade o simples fato delas ganharem um presente já as alegra, mesmo que seja uma caixa de bombom.

Pense em uma forma de fazer alguém sorrir e surpreenda-se ao notar que o seu sorriso de satisfação é o melhor de todos - sinta a alma leve e o coração cheio de bons sentimentos.