Um pedaço do paraíso ainda intocado e pouco conhecido do litoral norte paulista acaba se tornando um oásis de verão entre os meses de dezembro e março para muita gente que gosta de natureza e sossego. Assim é a pequenina, charmosa e quase deserta Praia das Pitangueiras, em São Sebastião, que encabeça a sequência de praias da chamada costa sul da cidade, seguindo pela rodovia Rio-Santos. O motorista que vai ao local pela primeira vez precisa de atenção, já que a entrada de acesso fica logo após uma curva acentuada da rodovia, altura do km 31.

Como a praia é considerada selvagem e não tem estrutura, não é permitida a entrada de veículos.

Publicidade
Publicidade

Os automóveis devem permanecer no estacionamento com capacidade para 30 veículos. Na alta temporada esse número geralmente extrapola. Não é cobrada taxa para estacionar, um vigilante controla a chegada dos visitantes em uma guarita.

Seguindo a pé por uma trilha curta, cercada de árvores frutíferas e passarinhos, o turista parece caminhar na direção de um mundo a parte. O verde das árvores se funde com o verde claro do mar, que reflete o azul do céu e o tom de bege da areia. A localização privilegiada das Pitangueiras entre a praia Grande e Barequeçaba favorece ainda a rota da brisa que sopra do Canal de São Sebastião.

O vento é constante. Com sombra de coqueiros, aproximadamente 200 metros de extensão, mar manso, areia branca e fofa, a praia de Pitangueiras é ideal para relaxar com amigos, família ou até mesmo sozinho.

Publicidade

Seja para conversar ou ler um livro, para quem procura contato com a natureza sempre terá a companhia de chapéus-de-sol, pés de abricó, palmeiras entre outras árvores convidando a relaxar. "É belíssima, sossegada, mar calmo e melhor para as crianças brincar", contou o detetive italiano Salvador Martella, 52, de férias no Brasil com a família. A estudante de direito Carolina Dias, 27 anos, de São Paulo, disse achar a paisagem de São Sebastião paradisíaca. "Uma delícia, estender a canga e ouvir musica tomando sol".

Preservação e Consciência Ambiental

Para preservar o paraíso, a Associação de Moradores da Praia Pitangueiras avisa, em placas pela trilha que leva até a praia, que é proibido levar animais, acampar e fazer fogueira ou churrasco na praia. Aos turistas que ainda não descobriram esse paraíso em São Sebastião, os moradores tradicionais caiçaras alertam: "É sempre bom preservar a natureza". #Turismo #Viagem