A história de Sergipe tem inicio no final do século XVI. Os portugueses lutavam contra os nativos e contra os franceses pela ocupação de terras ainda pouco conhecidas, mas de grandes riquezas, como a exemplo do Pau-Brasil; uma árvore de grande valor para os europeus que levou a denominação do maior país da América do Sul, o Brasil.

Uma destas lutas resultou numa sangrenta batalha e na vitória dos portugueses, liderada por Cristóvão de Barros, que ganhou o título de conquistador e fundador da região, e também que o nome Serigy ou Cirigype, Cacique que se destacou com bravura e heroísmo ao enfrentar os portugueses, evoluíram para Sergipe e batizou para sempre esta província.

Publicidade
Publicidade

Sergipe é o menor estado em território do Brasil. A sua capital Aracaju, fundada em 17 de março de 1855, tem o termo tupi que significa arara e cajueiro. Aracaju possui a maior infraestrutura turística para atender seus visitantes. Diversão é o que não falta por aqui; são belezas naturais, riquezas culturais, construções históricas, sabores e prazeres de uma culinária saborosa, um ritmo contagiante e um povo acolhedor. Em Sergipe você pode viver e nunca mais esquecer esta experiência que irá te surpreender.

Antes de tudo, contrate uma agência de viagens, um guia especializado ou, caso conheça algum morador que tenha disponibilidade a te acompanhar, isso também é valido. Comece o seu roteiro por Aracaju, lugar que já fizemos uma breve descrição. Faça um tour que contemple alguns pontos turísticos: Colina do Santo Antônio, onde nasceu Aracaju, Mercado Municipal, Centro Histórico, Orla de Atalaia, considerado o mais belo cartão postal da cidade...

Publicidade

Faça tudo de acordo com o seu tempo.

Faça também o passeio pelas Praias de Aracaju, são quase 35 km. E observe um mar de águas verdes e amarronzadas, devido à proximidade da foz dos rios, e com uma grande extensão de areia. Um passeio de catamarã pelas águas do Rio Sergipe é uma ótima escolha. Há também a opção do passeio Croa do Gore, uma ilha junto a um manguezal, que leva o nome de um crustáceo, em que você curte um maravilhoso passeio pelo Rio Vaza Barris, contempla a sua foz e ainda vive outros encantos.

Sergipe tem também a quarta cidade mais antiga do Brasil: São Cristóvão, de 1590, com destaque para a Praça São Francisco, tombada pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade. Laranjeiras é berço da cultura negra e destaca-se pelos seus diversos grupos folclóricos. A festa do Encontro Cultural existe há 40 anos. Brejo Grande tem a Foz do Rio São Francisco e o Farol do Cabeço. Pirambu, o projeto Tamar e a Lagoa Redonda. Estância, a Praia do Saco, a Ilha da Sogra e o barco de fogo.

Publicidade

Pacatuba, o seu pantanal e sua diversidade de mata atlântica. Canindé, tem o Rio São Francisco, o quinto maior cânion navegável do mundo, a usina hidrelétrica, o museu arqueológico, trilhas e vales.

Em Sergipe, o sabor também tem destaque; caranguejo, frutos do mar, queijo coalho, amendoim, caju, comidas típicas, licor e muito mais. O forró não te deixa parado; no mês de junho é só festa. Mas o ano inteiro toca-se todos os ritmos musicais.

Viver essa terra é descobrir o encanto, é se impressionar, é admirar, é aproveitar. É como se fosse um baú que fica no porão, mas é em que o maior tesouro fica guardado dentro dele. É como se fosse a memória guardasse as lembranças para sempre. É como viver para sempre aquilo que nunca deve ser apagado. Vem viver Sergipe e viajar nas emoções deste cantinho do Brasil! #Entretenimento #Turismo