Ficar sossegado e tirar férias tranquilas é o que todo mundo quer e o que todo mundo gosta! Existem lugares que mesmo explorados, ainda são preservados. Com um número restrito de visitantes, a Ilha do Mel, no Paraná, não recebe mais do que 5 mil pessoas por dia. O lugar é rústico, não existe rua asfaltada, somente trilhas e uma natureza exuberante. Para chegar até a ilha, os turistas fazem uma pequena #Viagem de barco das cidades de Pontal do Sul, que leva trinta minutos, ou do Porto de Paranaguá, que leva quase duas horas. O Porto de Paranaguá é o maior exportador de grãos do Brasil, o que torna a cidade movimentada. Os barcos partem para cinco dos vilarejos da ilha: Fortaleza, Brasília, Farol, Praia Grande e Encantadas.

Publicidade
Publicidade

Praia de Encantadas, uma atração à parte

O charme de Encantadas está espalhado por todos os pontos, por isso opções de lazer e divertimento não faltam: hospitalidade, tranquilidade, embarcações que dão diferentes cores para o mar, mata nativa, trilhas, e claro, praias, que têm água clara e morna, especial para os amantes de mergulho. Aqui a natureza é o atrativo principal.

Não existe hotel cinco estrelas em Encantadas, somente pousadas ou hostels. O preço das acomodações começam em R$ 30,00 reais, para quartos coletivos, variando sempre de um lugar para outro. Para quem gosta de comodidade e não gosta de trabalho, não é um lugar muito apropriado. Mas para quem gosta de aventuras e de diversão garantida, é o lugar certo.

É interessante a sensação de estar isolado e de saber que para sair dali terá que esperar a próxima embarcação.

Publicidade

A praia tem trilhas bem sinalizadas levando para diferentes lugares. A trilha mais tranquila e uma das mais visitadas é a Gruta das Encantadas. Você fica entre o mar e as pedras. Para quem tem disposição, dar um pulinho entre uma praia e outra caminhando e subindo morros vai ter uma visão privilegiada. Em alguns pontos não existe a presença de salva-vidas, o que pede ao turista uma atenção redobrada.

Quando você está no Morro do Sabão, entre o Mar de Fora e a praia do Miguel, é possível observar o Farol da praia de Brasília, o principal ponto de referência da ilha. Você pode chegar até lá caminhando ou de barco.

O surfe também é um esporte marcante. As ondas não são altíssimas, mas o mar é agitado. A gastronomia de Encantadas também ganha destaque. A praça de alimentação fica de frente para o mar, e claro, o prato principal é o peixe.

Todas as noites, na alta temporada, a música de diferentes estilos e ao vivo fazem o turista sair da toca e dançar. Depois das festas de final de ano, as praias ficam mais sossegadas.

Publicidade

O movimento volta em período de carnaval. Caminhar a noite na ilha chama a atenção pela necessidade estar uma lanterna mão, já que muitos pontos ainda não possuem luz elétrica e a escuridão toma conta dos caminhos.

O ponto negativo é que ao chegar em Encantada o turista leva um susto com o valor dos produtos no mercado, que é tão salgado quanto a água do mar. Uma dica é comprar alguns produtos fora da ilha.

Finalmente, quem visitar Encantada lembre-se de levar tênis, um moletom (a noite faz friozinho), nada de muita bagagem (é difícil transportar malas grandes mesmo com rodinhas), protetor solar e repelente. E deixe o estresse, a pressa e as preocupações no continente! Boa viagem! #Turismo