Quem adorou o filme "Frozen" agora pode contar com mais uma aventura no reino de Arendelle. A Disney preparou um curta-metragem chamado "Frozen: Febre Congelante" (Frozen Fever), que tem estreia prevista para 2 de abril. Ele será exibido antes do longa-metragem Cinderela.

Na animação, a princesa Anna irá comemorar seu aniversário, por isso Elsa e Kristoff pretendem fazer a melhor festa que ela já teve. Afinal, durante muito tempo as duas irmãs não puderam estar juntas, mesmo em ocasiões especiais. A confusão começa quando Elsa fica com um resfriado, já que ela não fica doente de maneira normal. Com isso, coisas surpreendentes ocorrem na trama, pois a rainha começa a ter problemas para controlar seus poderes.

Publicidade
Publicidade

Outros personagens marcantes estão presentes no filme, como o boneco de neve Olaf.

O curta tem 7 minutos e conta com a direção de Chris Buck e Jennifer Lee, que também trabalharam no filme "Frozen", de 2013. A mesma equipe responsável pelo sucesso Let it Go, música que ganhou a estatueta do Oscar de melhor canção original em 2014, criou parte da trilha sonora de "Frozen: Febre Congelante".

Aqueles que ainda não tiveram a oportunidade de assistir ao primeiro filme de Frozen podem não entender porque a animação é a de maior bilheteria da história. No Japão, alguns espectadores chegaram a assistir o filme duas vezes no #Cinema, a primeira com legendas e posteriormente a versão dublada em japonês. O longa é baseado no livro The Snow Queen, de Hans Christian Andersen e conta com uma trilha sonora cativante.

Publicidade

Assim como outros sucessos da Disney, "Frozen" teve um processo de criação e desenvolvimento longo, planejado por meses e recebeu personagens que são de fácil aceitação pelo público infantil. #Entretenimento

Mesmo com tanto sucesso, a Disney ainda não confirmou a produção de um longa-metragem como sequência do primeiro filme. E por isso o curta será lançado: para suprir a necessidade dos fãs de "Frozen" de curtirem novamente as aventuras de Elsa e Anna. O jeito é torcer para que "Frozen" se torne uma franquia como "Toy Story", que, de tanto sucesso, já tem o quarto filme em produção.