Do outro lado do mundo para terras tupiniquins, a comida japonesa se popularizou entre os brasileiros e, no #Carnaval, é uma boa dica para repor as energias gastas nos dias de folia. Saudável, rica em proteínas e saborosa. Opções da gastronomia oriental não faltam pelas praias do litoral norte paulista - tanto em endereços físicos como o serviço de entregas delivery.

Em dias de muito calor, dizem os nutricionistas, são pratos ideais para comer à beira-mar, por serem leves e de baixa caloria. "É uma comida que só faz bem. Rica em Ômega 3, antioxidantes (nas algas) e proteínas", explica a nutricionista Ariane Lopes. Um dos benefícios para as mulheres, por exemplo, se consumida com certa periodicidade também ajuda inibir os efeitos da chegada da menopausa.

Publicidade
Publicidade

A dona de casa, Marilene Ferreira, 65, sabe disso. Fã de yakissoba, um de seus pratos prediletos, ela diz que repara muito no 'capricho' conforme o prato é servido. "Junta tudo que existe de bom em uma única refeição. Comer pratos orientais é garantia de longevidade, ajuda manter uma vida saudável", diz a dona de casa.

De fato. Segundo o estudo científico feito nos Estados Unidos publicado no livro Nutrição Funcional, a 'gordura do bem', o ômega 3 - presente no salmão, na sardinha e no atum - previne o envelhecimento precoce do corpo protegendo ainda a saúde do cérebro. "As algas, que são matéria prima dos pratos japoneses, contêm vitaminas e sais minerais que vão regular o metabolismo nas dietas de emagrecimento", diz a nutricionista.

Lopes conta que são inúmeros os benefícios gerados a saúde pela comida japonesa.

Publicidade

"O sashimi, por exemplo, é uma excelente fonte de proteínas, com alto valor biológico, além de conter o ômega 3 que previne doenças cardíacas e contra AVC (Acidente Vascular Cerebral)".

Com a temporada de verão terminando empresários do setor dizem que, por causa do forte calor, "os turistas saíram de casa lotando bares e restaurantes".

Descobertas - Turistas que fazem #Turismo gastronômico neste verão descobriram que nem só de comida japonesa vive o litoral norte de São Paulo. O arquipélago de Ilhabela é considerado um 'oásis' para os apreciadores da boa mesa.

Com diversas opções para todos os gostos e bolsos, a ilha se destaca no cenário regional por reunir estabelecimentos que servem pratos requintados à base de frutos do mar e peixes, além de casquinha de camarão, porções de boteco, entre outras iguarias.

Já em Caraguatatuba, a comida mineira tem espaço garantido no cardápio dos turistas que frequentam o município. Seja na Praça Cândido Mota, no centro, ou no maior shopping da cidade os restaurantes com comida mineira que operam no sistema self-service estão sempre cheios. "Comida mineira é o básico da sobrevivência: arroz, feijão, ovo, uma carne", conta o turista David Menezes, de Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. #Culinária