Quem nunca sonhou viajar pelo mundo gastando pouco? Conhecer lugares incríveis sem precisar ter uma fortuna? Para que uma #Viagem saia em conta, é preciso aprender a fazer o seu dinheiro render.

Viajar sem gastar muito é um desafio sim, mas também é uma grande experiência. Você vai precisar trocar os jantares em restaurantes famosos por um lanche com os moradores locais. Vai deixar pra trás o conforto dos hotéis e adormecer no sofá de um conhecido.

No final, você vai ter vivido aventuras inesperadas, vai ter conhecido pessoas de diversas cidades do mundo e ainda vai rever seus valores e prioridades.

Veja abaixo algumas dicas para fazer essa grande viagem pelo mundo de uma maneira bem econômica

1- Elimine seus preconceitos: você vai conhecer lugares, pessoas, culturas e realidades muito diferentes da sua.

Publicidade
Publicidade

Fique aberto a essas situações, deixe de lado o olhar torto, aproveite as oportunidades e surpreenda-se.

1. Escolha destinos baratos: as grandes cidades geralmente são procuradas pelos turistas e, por isso, mais caras. Existem muitas cidades onde você pode gastar de 15 a 20 dólares por pessoa por dia. Foque nesses lugares e descubra tudo o que eles têm para oferecer.

2. Trabalhe em troca de hospedagem: ofereça sua mão de obra em troca de uma cama e até mesmo alimentação. Os ''hostels'' são ótimas opções para esse tipo de serviço. Você economiza e conhece gente de muitos lugares.

3. Alimente-se como os locais: pergunte aos locais onde eles fazem as refeições. Geralmente são lugares bem mais baratos que os badalados restaurantes turísticos. Mercados de comida também são uma ótima opção.

Publicidade

Não tenha preconceitos!

4.  Seja seletivo e vá além do #Turismo: selecione o que realmente vale a pena visitar. Aprenda a usar seu dinheiro de forma inteligente. Se os museus não te interessam, para que gastar dinheiro indo a um? Aproveite um bom passeio nos parques da cidade, uma caminhada pelas ruazinhas ou um bom café. Aprecie a vista e converse com os locais. Pode ser tão interessante quanto visitar um ponto turístico.

5. Utilize o transporte público: o metrô e o ônibus são alternativas baratas para se locomover em grandes centros. Algumas cidades ainda disponibilizam bikes gratuitamente para que você faça pequenos trajetos. É só aproveitar.

6. Caminhe: faz bem pra saúde, não custa nada e ainda te proporciona conhecer o lugar de perto. Muitas vezes, os verdadeiros achados de uma viagem estão escondidos em ruelas que você só vai conhecer se for a pé. Use e abuse!