Dia 20 de fevereiro, Kurt Cobain, compositor do Nirvana, faria 48 anos. Vale a pena relembrar um pouco da história desta importante banda dos anos 90.

Nascido em Aberdeen, estado de Washington, nos Estados Unidos, Kurt teve uma vida familiar complicada com divórcio entre seus pais, muitas mudanças de casa e apartamento.

Até que em 1987, junto de Krist Novoselic decidiu formar uma banda. O nome Nirvana veio depois de alguns meses. Depois de um entra e sai de alguns bateristas, entre eles Dale Crover dos Melvins, a formação se estabilizou quando chegou Chad Channing.

Com a formação estabilizada, lançam seu primeiro single em novembro de 1988, Love Buzz, que chega a participar de trilha sonora de filme. Em novembro, com a produção de Jack Endino, começam a gravar Bleach, que pode ser visto como uma mistura do Black Metal do Celtic Frost, com o The Smitheerens.

Bleach em alguns aspectos soa como um álbum cru, porém poderoso, faixas como About a Girl, Love Buzz, School, Negative Creep foram executadas em shows durante toda a vida da banda.

Chad Chenning é afastado da banda com a desculpa que o Nirvana queria uma bateria mais suave e com a sugestão de Buzz Osbourne dos Melvins, Dave Ghrol é chamado para assumir a bateria.

No final de ano de 1990 é lançado Nevermind, com produção de Butch Vig, e mixado por Andy Wallace. O álbum rapidamente se torna um sucesso, muito graças ao primeiro single Smells Like Teen Spirit, cujo videoclip é destaque na programação da MTV. O disco ofusca Dangerous de Michael Jackson, e consagra um novo estilo chamado Grunge ( uma mistura de Punk Rock e Heavy Metal).

Em dezembro de 1992, para aproveitar o sucesso de Nevermind, é lançada a coletânea Incesticide, composta por músicas raras e covers da banda Escocesa The Vaselines ( Son of Gun e Mollys Slip).    

Em 1993 é gravado seu último álbum, In Utero, produzido por Steve Albini. Faixas polêmicas como Rape me e longas como Dumb, o álbum é aclamado pelo público. No final desse ano O Nirvana grava uma participação no programa Unplugged da MTV. Para surpresa de muitos, Kurt decide dividir o palco com Cris e Curt Kirkwood do Meet Puppets ( banda Alternativa Americana).

Até que em 8 de abril de 1994 Kurt foi encontrado morto. Deixou de herança um novo estilo de fazer #Música, divulgou as bandas que mais gostava (dentre elas a ótima The Vaselines, à qual ele fez uma bela homenagem no Unplugged ao tocar Jesus don't want me for a sunbeam). Após sua morte foram lançadas coletâneas e álbuns ao vivo, porém o estrago já havia sido feito.

#Entretenimento