Não tem como não se empolgar quando alguém te chama para viajar, se o roteiro for feito com seus amigos, a empolgação triplica. Em minutos você já começa a planejar tudo, os lugares que quer conhecer, hotéis ou hostels com preço justo, aquele restaurante com comida típica que você sempre ouviu falar , além de ficar com atenção redobrada nas passagens de avião. Mas, e se a viagem fosse toda feita de bicicleta? Você toparia?

Os 3 amigos de infância Filipe Falcone, Marcelo Rachmuth e Felipe Fontes, ambos de 24 anos, largaram os empregos e decidiram se aventurar pelo país por 6 meses em cima de uma bike. Nesse período, eles pedalaram por mais de 10 mil quilômetros passando por Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pará, Goiás, Distrito Federal e todos os estados do Nordeste.

Publicidade
Publicidade

Apaixonados por bicicleta, eles tiveram a ideia em 2012 e começaram a planejar o roteiro e economizar para que tudo acontecesse da melhor maneira e de forma independente.

A viagem entre amigos ganhou nome, Sobre seis rodas, e virou um documentário sobre cicloturismo, que é uma forma de #Turismo que vem crescendo a cada ano, por ser saudável, sustentável e muito mais econômico. O recurso para financiar o videodocumentário foi captado através de uma ferramenta colaborativa na internet. Eles gastavam cerca de R$300 a R$400 por mês, um valor muito abaixo do que se gasta em uma viagem convencional, com deslocamento de ônibus, carro ou avião.

Na bagagem não mais que o essencial: barraca, roupas, comida, água e material de acampamento. Eles percorriam de 80 a 100 quilômetros por dia até chegar ao destino final e paravam apenas para almoçar.

Publicidade

A noite era a hora do descanso, os três quase sempre montavam suas barracas no quintal de pessoas que conheciam pelo caminho ou em postos de gasolina.

Como toda viagem, essa requer um pouco mais de atenção porque além das estradas, o viajante fica com todos os seus pertences muito exposto. Os ciclistas não enfrentaram nenhum episódio violento, o único problema além de pneu furado, foi a chuva. Além dos 3, outras pessoas estão aderindo essa maneira de viajar, no meio do percurso, os garotos encontraram um grupo que tinha vindo pedalando dos Estados Unidos até Salvador e um casal que está viajando sobre duas rodas por toda a América do Sul.

A viagem do trio terminou, mas Felipe Fontes não vai parar em São Paulo onde a trip começou. Após um pequeno descanso, ele irá pedalar sozinho em direção ao México, a ideia é conhecer 14 países, entre eles, Colômbia, Guatemala, Costa Rica e Peru. Para o jovem, viajar de bicicleta é algo transformador, pois todos os dias você encontra e vive situações novas, em lugares diferentes.