O sonho de qualquer amante de umas boas férias é fazer uma #Viagem tranquila, sem imprevistos e apenas com boas recordações. Mas nem sempre esse desejo pode ser realizado. Muitas vezes, os turistas são pegos de surpresa por pessoas mal intencionadas e situações completamente desagradáveis. Então, conheça os principais golpes aplicados em viajantes. Aproveite para blindar sua viagem e ficar cada vez mais longe dos peritos em golpes para turistas.

Cambistas de rua

Os famosos bons samaritanos que aparecem na hora que você mais precisa. Jamais faça a troca de seu dinheiro com os "cambistas" na rua. Esse tipo de golpe é muito comum nos países europeus. Em vários casos, a taxa de câmbio é bastante elevada e o turista acaba recebendo um valor muito inferior a taxa real, ou até mesmo recebendo notas falsas.

Pague pelo presente

Nas mais variadas partes do mundo é comum encontrar pessoas divulgando seu trabalho na rua. Porém, é válido ficar atento a alguns tipos de "divulgação". O golpe funciona da seguinte forma: alguém lhe entrega um presente, uma amostra do trabalho que desenvolve e, no momento em que você tenta devolver o objeto, a pessoa se nega a pegar e lhe cobra um valor determinado. Evite pegar objetos como CD's, perfumes, entre outros. Para escapar de golpes como esse, basta ignorar qualquer tipo de oferta vinda de estranhos.

Distração x roubo

Esse é o típico golpe da distração. Alguém tira sua atenção para que um comparsa roube suas coisas. Na maioria das vezes são situações bem sutis, como o pedido por ajuda com as malas, uma mulher com contrações, um idoso passando mal ou uma criança perdida, entre outras. São situações que, em outro momento, podem ser reais, o que torna mais difícil a distinção entre a realidade e a ação dos golpistas.

Uma dica na hora de decidir ajudar ou não é ficar atento à reação da pessoa que precisa de sua ajuda, se ela tomar direção diretamente a você e se jogar em seus braços, ative seu sensor de golpes.

Policiais falsos

Mais comum em países da Ásia, onde supostos policiais fardados bloqueiam estradas estratégicas e param turistas com a desculpa de que há vários casos na região de falsificação de notas, pedindo então todas as suas notas para avaliação. Nesse momento, os bandidos trocam seu dinheiro por notas falsas, deixando o prejuízo na mão do viajante. Outra estratégia dos, então policiais, é conseguirem algum tipo de propina. 

Jamais dê seus documentos e seu dinheiro na mão de policiais antes de exigir seu distintivo policial.  #Turismo