Em oito de abril de 1991, o vocalista da banda de Black Metal Mayhem foi encontrado morto dentro da casa na qual a banda estava morando nos arredores de Oslo, capital da Noruega. Com os pulsos cortados e com um tiro de espingarda na cabeça, ele deixou uma carta pedindo desculpa pela sangue e por ter atirado dentro da casa.

A banda Mayhem já estava em atividade desde 1984, Euronymous, Nebrobutcher e Manhaim inspirados pelo Venom e Celtic Frost , começaram como um trio, porém, depois de Maniac ocupar o posto de vocalista,  em 1988, Dead assumiu o posto e mudou a história da banda.

Mayhem já havia gravado o EP Deathcrush, e com Dead como vocalista começou a chamar atenção em virtude da performance de Dead nos shows, ele se cortava com pedaços de vidro e como vocalista era muito diferenciado, porém em um destes shows precisou ser hospitalizado pois havia perdido muito sangue.

Publicidade
Publicidade

Dead oficialmente não gravou álbuns com o Mayhem, mas com sua primeira banda a Morbid gravou dois álbuns: Morbid Reherseal e December Moon, com o Mayhem foram lançado dois álbuns com seus registros vocais: Dawn of the Black hearts e o ótimo Live in Liepzig.

Na ocasião de sua morte quem encontrou seu corpo foi o guitarrista Euronymous, que ao ver o corpo do vocalista morto foi até Oslo comprou uma câmera fotográfica e fotografou o corpo morto de Dead, inclusive uma destas fotos foi a capa de Dawn of the Black Hearts.

Dead, de acordo com o baterista Hellhammer,  foi o primeiro vocalista de Black Metal da Noruega a usar as  corpse paint (pintura facial algo como o Kiss e Alice Cooper já faziam) , boa parte do repertório do Mayhem até hoje é composto pelo material que Dead compôs como Freezing Moon.

Publicidade

O Mayhem é com certeza uma das bandas mais polemicas na história do rock, além do suicídio de Dead. o guitarrista Euronymous foi morto a facadas por Varg Vikernes da banda Burzum, Euronymous liderava um grupo chamado Inner Circle , que se tratava mais de uma horda anti-cristão. No começo dos anos 90 diversas igrejas foram queimadas na Noruega por Euronymous, Vikernes e seus seguidores.

Mas por incrível que pareça, o Mayhem continua na ativa até hoje, com apenas o baixista Necrobutcher da formação original, e eles conseguiram fazer com que nos últimos anos a banda chamasse a atenção apenas com a sua #Música, inclusive já fizeram shows no Brasil, e depois da morte de Dead lançaram cinco grandes álbuns.