Começou a segunda temporada do programa Superstar. Neste ano, a atração tem muitas novidades que vão desde os novos jurados até as regras mais rígidas. Ontem foi o primeiro programa desta edição que promete revelar grandes músicos e eleger o novo Superstar.

Regras

O programa estreou apresentando os novos jurados: o vocalista Paulo Ricardo, os cantores Sandy e Tiaguinho. André Marques e Fernanda Lima continuam como apresentadores. Além disso, o prêmio para o vencedor é R$50.000,00 e um contrato de 1 ano com a gravadora Som Livre.

A maior mudança da atração é a nova regra sobre o percentual mínimo para continuar no programa.

Publicidade
Publicidade

Desta vez, as bandas que não conseguirem 70% dos votos não irão levantar a grande tela. Por isso, elas serão eliminadas automaticamente. Todavia, para ajudar, o voto de cada jurado vale 7%. A banda que conseguir que 2 ou 3 jurados votem a favor pode escolher a madrinha ou padrinho.

Mais uma regra: apenas as 5 bandas que atingirem a maior porcentagem de votos poderão seguir para a próxima fase. Os músicos que conseguirem mais de 70%, mas não se classificarem de imediato, terão uma segunda chance para continuarem se apresentando e concorrendo ao prêmio.



Bandas

A primeira banda a se apresentar nesta nova temporada foi a StellaBela. O grupo diz tem uma "pegada" marcante do estilo grunge. Os músicos foram ousados tocando uma #Música autoral em português. Entretanto, a banda não agradou os telespectadores, conseguindo apenas 36% dos votos.

Publicidade

Os próximos músicos que foram para o palco do Superstar tem o som com influências do pagode e do samba. Com um nome simples e direto, a banda Samba Livre cantou uma música própria chamada "Mande um sinal". Apesar de terem uma grande fama na internet, o grupo não agradou o público, conseguindo apenas 64% dos votos.



A terceira banda foi a Eletronaipe. Os músicos são muito técnicos, eles apresentaram uma nova versão da música "na rua na chuva na fazenda, um cover". A grande tela finalmente subiu, pois o grupo alcançou 77% dos votos.



O próximo grupo que tocou no palco do programa foi a Leash. Com um estilo pop e influências de diversos estilos, principalmente do reggae, a banda apresentou uma composição própria chamada "Contando as horas". Ao final da música a tela subiu com 72% dos votos. Tiaguinho é o padrinho dos músicos.

A banda Vibrações foi a quinta banda a tocar no Superstar, o grupo optou por fazer uma versão ao estilo do reggae de uma música do Tim Maia chamada "ela partiu".

Publicidade

Ao término da apresentação, novamente a tela subiu, os músicos alcançaram 78%.

O sexto grupo foi Wannabe Jalva que chegou apresentando uma música autoral, com letra em inglês chamada "Down to sea". A banda tem um estilo rock n' roll com influências da década de 60 e 70. No último momento, a grande tela subiu. Eles alcançaram 71%.



A sétima atração do programa foi um trio de forro feminino chamado Sinhá Flor. As musicistas tocam um excelente "forró pé de serra". A música escolhida foi "Na puxada de rede". O trio conseguiu contagiar os jurados e a plateia. O grupo alcançou a maior votação da noite, com 84 % dos votos.



Por último, a oitava banda que tocou foi a famosa Tianastácia. Os músicos estão juntos há muitos anos, eles formam um dos grupos de rock mais conhecidos no Brasil. A banda já tocou até mesmo no Rock in Rio. No Superstar, o grupo tocou uma das suas melhores músicas: "Cabrobró". A banda conseguiu 77% dos votos.

Para finalizar este primeiro programa, os três jurados cantaram juntos no palco. #Entretenimento