Comemorado nesta Sexta-feira (10), o Dia da Pizza já se tornou uma data importante para o setor de pizzarias. Por todo o Brasil, existem cerca de 55 mil pizzarias, sendo que apenas no Estado de São Paulo existem 13.700 estabelecimentos. A capital paulista também é responsável pelo segundo maior consumo de pizzas no mundo, perdendo apenas para Nova York. Apenas no Brasil, o setor de pizzarias chega a movimentar R$ 8,5 bilhões anuais, segundo dados da Associação Pizzarias Unidas.

Se comparada com a história da pizza, que vem desde a antiguidade, a data é bastante recente. Foi há apenas três décadas que o então secretário de turismo de São Paulo, Caio Luís de Carvalho, criou o Dia da Pizza.

Publicidade
Publicidade

A data, 10 de julho de 1985, foi escolhida pra coincidir com o encerramento de um concurso promovido pela prefeitura paulistana para decidir quais seriam as melhores pizzas de Margheritta e Mozzarella da cidade. De lá para cá, a comemoração foi adotada pelas pizzarias e serve como um dia de celebração e ocasião para agradar clientes novos e antigos.

Entre as várias pizzarias espalhadas por São Paulo, a 1900 Pizzeria se destaca bastante por sua atuação no Dia da Pizza. A rede, fundada em 1983 em um casarão do início do século 20 (por isso o nome 1900), no bairro da Vila Mariana, pelo maestro italiano Giovanni Paolo Momo, é reconhecida pelas pizzas de sabores exclusivos com tendências mais sofisticadas. Para celebrar a data, a 1900 realiza há alguns anos uma ação especial com a promoção de 50% de desconto em todas pizzas vendidas durante o dia 10 de julho.

Publicidade

Segundo o gerente da filial da Vila Mariana, Alberto Cavalcante, o Dia da Pizza é muito importante para a rede, sendo extremamente bem-sucedido e responsável por um impacto grande na frequência e fidelização dos clientes. Ainda de acordo com gerente, o enorme sucesso fez com que a 1900 realizasse este ano uma operação especial abrindo três de suas sete lojas para o almoço na data comemorativa.

Um prato eclético

Funcionário da rede há 18 anos, Cavalcante comenta que é necessário estar sempre criando novas opções para os clientes. Um dos principais exemplos citados por ele é a pizza doce, que só entrou no cardápio da rede após diversos pedidos, já que não é um estilo de pizza tradicional, mas sim uma das diversas adaptações para o prato realizadas no Brasil. Além disso, "também oferecemos a massa integral e sem glúten, visando atender os clientes que preferem uma massa menos calórica", completa.

A respeito da diversidade de sabores, a operadora de caixa da 1900 unidade Vila Mariana, Aline Sá, também cita a variedade como um diferencial da pizza.

Publicidade

Para ela, os sabores exclusivos da rede são os verdadeiros carros-chefes no cardápio: "Apesar de haver uma grande saída de sabores mais tradicionais, como mussarela e calabresa, os nossos carros-chefes são os sabores especiais do cardápio".

Segundo a gastróloga Telma D'El-Rey, responsável pelo blog Dicas de Comer, a capacidade de adaptação a diversos paladares, ingredientes e realidades é algo que conta bastante a favor da pizza. "Apesar de possuir uma massa bastante simples, a pizza consegue ser eclética por se adaptar aos mais diversos ingredientes. Isso tem tudo a ver com o brasileiro, que é formado por uma grande diversidade cultural e regional", conclui. #Entretenimento #Culinária