A nova geração da terceira idade é bem disposta, ativa e seu único compromisso é com a saúde física e principalmente mental. Não há nada que impeça quem quer aprender cada vez mais.

Os SuperAgers, esse é o nome que eles recebem nos Estados Unidos, fazem caminhadas, pilates, corrida, aprendem outros idiomas e exercitam o cérebro - a melhor idade não quer ficar parada.

Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa Datafolha, idosos que estudam vivem muito mais.

As entrevistas foram realizadas com pessoas acima de 60 anos. Algumas perguntas como, o que sentiam participando de um novo #Curso? As respostas foram bem positivas.

Publicidade
Publicidade

"Aumenta a minha vontade de viver", "Faz muito bem ao corpo", "Ajuda no controle das emoções e da mente".

Está comprovado que o idoso sente-se mais jovem e bem disposto quando troca experiências e faz novos cursos, praticar qualquer tipo de atividade ajuda na qualidade de vida.

Confira abaixo 5 cursos que contribuem para uma vida melhor e mais saudável na terceira idade.

Artes Plásticas

São utilizados nesse tipo de arte elementos visuais e táteis para a reprodução da realidade ou imaginação. O estudante pode usar papel, tinta, argila e muitos outros materiais para fazer as peças. O artista plástico pode construir esculturas, gravuras, pintura ou desenho, o importante é soltar a imaginação.

Intercâmbio

Uma boa pedida para quem deseja aprender ou melhorar um idioma de maneira mais descomplicada, e ter oportunidade para vivenciar uma experiência única cultural.

Publicidade

Tudo é organizado para ajudar os aventureiros da 'melhor idade'. Além de viajar, conhecer lugares turísticos dá para fazer novas amizades.

Informática

Uma excelente forma de socialização para o idoso é a #Internet, atualmente essa atividade auxilia nas relações familiares e estimula o cérebro.

Ginástica Cerebral

Um bom treinamento mental aumenta muito os circuitos neurais do cérebro. A ginástica cerebral pode ser praticada online, com jogos próprios para estimular o cérebro.

Dança

Essa é com certeza uma das melhores opções para deixar a saúde em dia, bom para todas as idades, mas no caso do idoso ajuda a melhorar o alongamento corporal, o risco de uma lesão é bem pequeno comparando-se a outros exercícios, melhora a cordenação motora e combate o estress e a ansiedade.

Os idosos da nova geração são ativos voltaram a trabalhar, viajar, dançar, namorar e aproveitam a vida ao máximo. #Terceira Idade