O boato de que o filme "Os Dez Mandamentos" teria estreado nos cinemas com salas vazias em todo Brasil, está sendo pouco a pouco desmentido por matérias e informes das redes de cinemas em todo país, que mostram outra realidade. 

O filme entrou em mais de 1.000 salas em todo Brasil esta semana, e algumas mídias chegaram a noticiar uma suposta conspiração em relação aos recordes das pré-vendas dos ingressos, sugerindo que fieis da Igreja Universal do Reino de Deus, de Edir Macedo, também dono da TV Record, estariam adquirido ingressos motivados por pastores em cultos religiosos, afim de promover o filme.

No país existem aproximadamente 3 mil salas de cinemas, sendo que uma em cada três estaria exibindo na semana, o longa metragem "Os Dez Mandamentos", que segundo os números da pré-venda, espera cerca de três milhões de espectadores, nas sua maioria cristãos, que aguardam ansiosamente para ver na "telona", os efeitos especiais e a história do povo de Deus.

Publicidade
Publicidade

O filme teve só nos primeiros 20 dias da abertura da pré-venda cerca de 2,4 milhões de ingressos vendidos, sucesso precedido pela explosão de audiência ano passado (2015) da novela de mesmo nome, uma superprodução para TV, exibida pela Rede Recod de TV.

Notícias confrontadas

O filme estreou em todo Brasil neste dia 28 de janeiro e segundo informações recentes, lotou a maioria das salas de #Cinema onde foi exibido, confrontando as matérias que sugeriram o contrário, a exemplo da cidade de Londrina, que teve grande público, cidade onde a pré-venda também foi recorde, e o filme é exibido em várias redes de cinema.

Segundo informou o gerente de marketing da rede Rede Cinesystem no Shopping Londrina Norte, Sâmara Kurihara, o público foi recorde, e ultrapassou o tão esperado pelos fãs, “Star Wars: O Despertar da Força” na primeira semana, Sâmara relata que foram vendidos mais de 5.500 ingressos, e comenta: “Nós não imaginávamos que a procura seria tão intensa [...] É uma grata surpresa”.

Publicidade

A gerente conta que já esperava recordes, devido ao potencial do filme, mas se surpreendeu ao ver a produção nacional bater os números do novo "Star Wars".

Segundo a gerente, o público se organizarou em caravanas para compra pacotes com desconto especial, e em retribuição a rede estaria oferecendo um "kombo" exclusivo, criado em homenagem ao filme, apelidado de "kombo dez" com pipoca, refrigerante e balas, por preço promocional de "dez" reais.

Em outro cinema de Londrina, o Cine Araujo de Catuai, segundo a gerente Patrícia Borges, o público foi bastante diversificado, com idosos, jovens e crianças, na sua maioria evangélicos. A gerente informa que a venda nesta rede também foi um sucesso, com cerca de 5 mil espectadores na estreia, e relata: “[...] Eles estão fazendo caravanas de outras cidades para vir ao cinema. O filme é um grande sucesso de bilheteria”, afirma a gerente.

Record e Paris Filmes se manifestam

Em nota a Record e a Paris Filmes, classificam as notícias sobre as salas vazias na estreia do filme, veiculadas a princípio pela "UOL – Universo Online' e "O Globo Online", como uma visão limitada sobre a estreia do filme, que se deu em mais de mil salas em todo país.

Publicidade

A igreja Universal também se manifestou e publicou em seu site oficial uma nota que diz que o portais acima citados, veicularam conteúdo que “denigrem de forma preconceituosa e mal intencionada a audiência efetiva do filme”, destacando ainda que salas em todo país estavam cheias, comprovada por fotos enviadas pelas próprias redes de cinema. #Entretenimento