O sistema de votação do Festival Eurovision da Canção passará por uma mudança radical, a maior desde 1975. Nos anos anteriores até então, os resultados do júri profissional e dos telespectadores eram apresentados como resultado combinado, cada um  representando 50% da pontuação final.

A partir de 2016, o júri profissional e televotos de cada país serão um conjunto separado de pontos de 1 a 8, 10 e 12. Agora, com essa mudança, os 10 países mais votados receberão votos tanto no júri como no televoto, acrescentando um novo nível de emoção para centenas de milhões de telespectadores na Europa e em todo o mundo que assiste pela internet.

Publicidade
Publicidade

Confira o vídeo:

Como funciona?

O novo sistema de pontuação funciona assim: depois que os telespectadores votam por telefone, SMS ou utilizam o aplicativo oficial do programa, cada porta-voz nacional dos 43 países participantes serão chamados para apresentar os pontos de seu júri profissional.

Após a apresentação das pontuações dos jurados, os pontos de televoto de todos os países participantes são combinados, proporcionando uma pontuação para cada #Música. Estes resultados do televoto vão sendo anunciados pelo anfitrião, começando com o país que recebe o menor número de pontos por parte do público e terminando com o país que recebeu o maior número de pontos, criando uma espécie de clímax.

Para aqueles que querem saber como seu país votou, a pontuação do televoto e júri de cada país participante estará disponível após o show na Eurovision.tv.

Publicidade

Confira outro vídeo, desta vez explicando o novo sistema de votação.

A mágica da TV sendo criada

Segundo Jon Ola Sand (Supervisor Executivo do Eurovision), "Esta nova forma de apresentar os votos é um grande salto, tanto para fazer um programa de televisão melhor, bem como uma competição mais emocionante; Há mais razões do que nunca para votar no Festival Eurovision da Canção. O novo formato de votação vai garantir que a música que é mais popular entre o público receberá doze pontos, independentemente de como os júris votou".

Martin Österdahl, produtor executivo para o Eurovision 2016, explicou: "Em anos anteriores o vencedor foi conhecido por cerca de 20 minutos antes do término da votação, o que não é nada bom na TV. Esta alteração no formato vai injetar um novo nível de excitação para a reta final do Festival Eurovision".

A Grande Final do Eurovision acontecerá em Estocolmo, no sábado 14 de maio de 2016. Mais informações em eurovision.tv. #Entretenimento