O Deserto do Atacama está localizado ao norte do Chile e estende-se até ao Peru, delimitado a leste pelas Cordilheiras dos Andes e a oeste pelo Oceano Pacífico, é considerado o deserto mais alto e árido do mundo. O Atacama é um lugar único.

Para muitos a definição “deserto” significa: areia, sol e nada. Engana-se, a Vila de São Pedro de Atacama, povoado onde se concentra a movimentação de todos que escolhem este destino, é badalada com turistas do mundo inteiro. De lá saem os tours pelo deserto.

São necessários no mínimo 3 dias para fazer os principais passeios e entrar no clima, já que São Pedro de Atacama está 2.400 metros de altitude e tem uma cultura local fantástica, representada por sua gastronomia típica e artesanatos graciosos.

Publicidade
Publicidade

Além do intercâmbio com cidadãos cosmopolitas, se assim se pode chamar.

Os principais pontos turísticos são: Salar do Atacama, as Lagoas Altiplânicas, o El Tátio (gêiseres) e o Valle de la Lua e de la Muerte.

O Salar é de ofuscar os olhos. É preciso alguns minutos para entender que não é uma miragem e sim um deserto de sal. São poucos as oportunidades de ver algo assim tão impressionante.

As Lagoas Altiplânicas, são lagoas localizadas aos pés dos vulcões, que geralmente estão com seus picos cobertos de neve independente da estação do ano. São elas: a Laguna Chaxa que é a Reserva Nacional do Flamingos, aves andinas que com sua aparência elegante fazem parte da paisagem e as Lagunas Misconti e Mëniques, formadas por água de degelo.

O El Tátio, é uma região ao redor do vulcão Tátio, que possui pequenas erupções vulcânicas, também denominadas gêiseres e que ficam muito visíveis nas primeiras horas do dia.

Publicidade

E o Valle de la Lua e de la Muerte, são vales que parecem ter sido esculpidos a mão e detalhadamente. Uma mistura de formações rochosas e paredões de areia.

A região ainda conta com o Tours Astrológico e claro, o grandioso vulcão Licancabur, algumas agências oferecem sua escalada, mas é necessário tempo e um bom preparo físico.

Se ficou tentado a conhecer esse lugar extraordinário, é possível acessá-lo por Calama, que é a cidade mais próxima com aeroporto, inclusive há voos diretos saindo de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Localizada a 100 km da Vila de São Pedro disponibiliza opções de translado. Ou ainda, pode-se fazer como os aventureiros motociclistas que cortam a Cordilheira dos Andes pelo norte do Chile, rumo ao Deserto do Atacama.

Independente da opção, contemplar a beleza que se concentrou nesse lugar, de natureza tão peculiar, traz uma energia muito positiva e a certeza de que uma força muito maior passou por ali. #Entretenimento #Curiosidades #Viagem