Se nas suas férias você deseja ir para um lugar paradisíaco, com praias de águas transparentes e areia branca e fofinha, Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, é o destino ideal. A cidade, situada na Região dos Lagos – a 140 km da capital fluminense –, é um paraíso do Atlântico, cercada por praias que encantam a todos.

O município reúne algumas das mais belas paisagens do litoral brasileiro. Seu clima é quente e úmido, com temperatura média de 25 graus no verão e entre 17 e 23 no inverno. Ou seja: perfeito em qualquer época do ano. O município também conta com uma mata fechada e virgem, que fica entre o Oceano Atlântico e a Lagoa de Araruama. 

Outro ponto positivo de Arraial do Cabo é o preço.

Publicidade
Publicidade

Dos restaurantes às pousadas, as tarifas são bem mais em conta que as praticadas nos arredores. Em Arraial não há estabelecimentos luxuosos, mas encontra-se muito conforto e os pratos de frutos do mar mais frescos da região.

Uma atração imperdível em Arraial é o passeio de barco. É uma atração que permite avistar paisagens encantadoras, com direito a parada na praia do Farol, uma das mais bonitas do Brasil. Sem contar que assistir ao pôr do sol no Pontal do Atalaia é um dos programas obrigatórios no passeio. Um verdadeiro espetáculo, que a natureza oferece sem cobrar nada.

Parada obrigatória!

Confira alguns pontos turísticos que vale a pena serem conhecidos:

Prainha

Quem vai a Arraial não pode deixar de conhecer as praias mais importantes da cidade. A Prainha é a primeira. Ela pode ser avistada de cima por quem passa pela RJ-140, logo na entrada da cidade. Com seu mar azul-turquesa, é ótima para levar crianças.

Publicidade

A Prainha tem atrativos como o passeio de banana boat, aluguel de caiaques e cantos perfeitos para a prática do mergulho.

Praia Ilha do Farol

Foi eleita por anos consecutivos a praia mais perfeita do Brasil pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), nos quesitos: cor e temperatura da água, cor da areia e velocidade dos ventos. Controlada de perto pela Marinha, que mantém uma base no local, só é permitido desembarcar com autorização.

Praia Brava

Praia de oceano  localizada no Pontal do Atalaia. Só apresenta faixa de areia em dias de maré baixa. Quando está com a maré alta, não é aconselhável o banho de mar, por ser perigosa – daí o nome. Mas os surfistas amam, por conta das perfeitas ondas tubulares. Então, se você não tem habilidade com o surfe, só a contemplação já vale a pena. O acesso é feito de carro até o pontal e por trilha até a praia.

Praia do Forno

O acesso a este recanto se dá por trilhas de mais ou menos 20 minutos ou por barcos, que levam 10 minutos da marina dos pescadores até a praia.

Publicidade

É uma das preferidas dos turistas pelas belezas naturais que possui.

Gruta Azul

Fica a oeste da Ilha do Farol, tendo a Ponta do Focinho e o Boqueirão como extremos. Quando a maré está baixa, é possível entrar de barco na gruta, que apresenta aproximadamente 8 metros de largura, 30 de extensão e 15 de altura.

Praia Grande

Suas águas apresentam um dos mais importantes fenômenos marinhos, existentes em apenas seis pontos de todo o planeta: a ressurgência. É quando as águas geladas que vêm do sul do continente pelo fundo do oceano afloram à superfície ao chegar na Praia Grande. Por conta disso, suas águas são geladas e, ao mesmo tempo, ricas em nutrientes marinhos, o que faz atrair inúmeras espécies de peixes.

Fenda de Nossa Senhora

Localizada na entrada do Boqueirão, é uma das muitas lendas da cidade. Contavam os antigos pescadores que, durante uma grande tempestade, um raio caiu sobre uma grande rocha. Um pescador, ao tentar passar pelo local no dia seguinte, se espantou com tamanha rachadura e parou para olhar. Ao chegar na cavidade, teria se deparado com a imagem de Nossa Senhora dos Remédios. 

Praias de Monte Alto e Figueira

São a continuação de Praia Grande, por isso, possuem as mesmas características relacionadas à temperatura da água e à cor da areia. No entanto, apresentam correnteza ainda mais forte por estar em um ponto de mar aberto.

#Turismo #Viagem #Rio2016