Em época de crise, é possível viajar mais barato sem comprometer o orçamento? O atual momento em que vivemos uma instabilidade financeira, e as incertezas quanto ao futuro de nosso país nos faz repensar certos hábitos de consumo. Programar aquela tão esperada #Viagem nas férias passa a ser uma das tarefas complicadas de se executar, correto? Porém, é possível, mesmo em momentos como este, continuar com o sonho de realizar aquela tão esperada viagem de férias sem comprometer a sua saúde financeira. Traremos uma série de artigos sobre isso.

Qual a melhor época para viajar?

Para poder viajar mais barato, o primeiro passo é: fugir da alta temporada.

Publicidade
Publicidade

Escolher períodos que não sejam os meses mais procurados pelos turistas, como aqueles que compreendem o verão e o inverno, pode gerar uma boa economia.

Viajar na primavera ou outono passa a ser uma boa alternativa para se economizar. Além de proporcionar temperaturas mais agradáveis, principalmente para quem pretende ir para regiões onde o clima costuma ser severo no verão ou inverno. 

Pacotes de viagem

Muitas pessoas sempre se valeram da compra de pacotes de viagens em agências de turismo em função de algumas vantagens que este produto oferece.

Sem sombra de dúvidas, a comodidade e praticidade é ainda o grande diferencial que eles proporcionam. Não se preocupar em gerenciar reservas de hotéis, passagens, traslados, e etc. faz com que muita gente escolha adquirir um pacote de viagem na hora de decidir onde irão desfrutar suas férias.

Publicidade

Porém, todo conforto tem seu preço. Às vezes, dependendo da configuração destes pacotes, você pode sair de uma agência com a frustração de ter que adiar por um prazo indeterminado a realização da sua viagem de férias.

A principal desvantagem dos pacotes de viagens, foco desta matéria, é o preço. Outras não menos relevantes são: a questão do número reduzido de opções de hospedagem, e o rigor a ser seguido na programação do roteiro escolhido (sempre regido pelo cronômetro do relógio, no qual cada local visitado, definido no roteiro escolhido do pacote, possui um tempo máximo de permanência no local).

Viajando por conta própria

Você já pensou que é possível planejar uma viagem por conta própria e poder, assim, garantir que ela ocorra?

Com a grande facilidade que temos hoje com a #Internet, e a variedade de ferramentas e produtos que se encontram nela, organizar uma viagem por contra própria deixou de ser algo penoso e incerto, o que gerava em muitas pessoas a insegurança de organizar tudo sozinho sem o auxilio de algum especialista em turismo.

Publicidade

Com o auxilio da internet é possível escolher uma variedade enorme de opções de hospedagem que se encaixem melhor no seu orçamento e perfil. Assim como, pesquisar por promoções e adquirir passagens áreas, alugar um carro, e etc. Tornou-se mais prático e seguro a aquisição destes produtos quando realizado por meio de sites confiáveis.

Programar uma viagem por conta própria, além do ganho financeiro pode, também, proporcionar um prazer que dificilmente encontrará em outra modalidade. Ao realizar suas pesquisas e compor seu próprio roteiro você perceberá que sua viagem começa a acontecer.

Você chegará ao destino escolhido mais preparado, conhecendo melhor os detalhes do local (como a sua cultura, gastronomia, etc.) e isso lhe garantirá uma viagem mais rica e inesquecível. Além disso, há ainda a flexibilidade no roteiro. Poder alterá-lo, gerir melhor o tempo em que fica em cada local que visita, escolhendo ficar mais tempo naqueles que mais lhe agradou é, também, sem dúvida uma grande vantagem de se viajar por conta própria.

O Segredo, então, para viajar em época de crise está na organização e no planejamento. Utilizar a internet como uma grande aliada e optar por outras modalidades de viagem que poderão garantir que você chegue até o seu destino final. #Crise econômica