A relação de cordialidade entre o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, e do #Corinthians, Roberto de Andrade, pode selar uma negociação que deve aliviar os cofres do time de Parque São Jorge e realizar um antigo sonho do mandatário Alviverde.

Isto porque a rádio Bradesco Esportes e o programa Jogo Aberto, da Band, noticiaram uma possível troca entre o atacante argentino do Palmeiras, Lucas Barrios, pelo atacante corintiano Alexandre Pato, atualmente insatisfeito com a reserva no Chelsea.

Questionado sobre a veracidade da informação, o jogador palmeirense desconversou, mas afirmou que está ciente do interesse de outros clubes em seu #Futebol.

Publicidade
Publicidade

Dizendo não saber o que acontece fora das quatro linhas, Barrios mencionou estar comprometido apenas em recuperar sua posição de titular no elenco do Palmeiras e que questões sobre uma possível transferência são tratadas entre seu agente e a diretoria do clube das Perdizes. O passe do argentino pertence, exclusivamente, ao presidente Paulo Nobre e seu salário, cerca de R$ 1 milhão, é pago pela patrocinadora do time, a Crefisa.

No Palmeiras, Barrios viveu uma fase ruim em decorrência de afastamentos por lesões e acabou perdendo sua vaga para Alecsandro.

Já Alexandre Pato vive situação de desprezo no time do Chelsea, desde sua contratação por empréstimo, muito questionada no início do ano. Apesar de o treinador Antonio Conte ter afirmado que gostaria de contar com o brasileiro em seu time, logo após assumir a esquadra inglesa em abril passado, o atacante foi classificado pelo jornal britânico The Sun como "peso morto" no elenco do clube inglês.

Publicidade

O atacante viveu fases de dor e amor com a torcida corintiana. Contratado em 2013, um único lance acabou mudando definitivamente a sua história no time: em uma partida decisiva pelas quartas-de-final da Copa do Brasil daquele ano, cuja vaga foi determinada nas cobranças de pênaltis, contra o Grêmio, o jogador mandou a bola direto nas mãos do goleiro Dida, após tentativa de uma cavadinha que, claro, fracassou.

A partir daí, a diretoria corintiana optou por emprestá-lo ao São Paulo, pagando 50% de seu salário. No time do Morumbi, Pato ficou por duas temporadas e acabou não tendo seu passe adquirido pelos são-paulinos, retornando ao elenco de Tite. Preterido pelo técnico, acabou sendo emprestado ao time inglês Chelsea e, por não render o que se espera de um ex-Milan (ITA), virou opção inutilizável no banco.

O contrato de Pato com o Corinthians termina em dezembro deste ano e Roberto de Andrade vê, na negociação com o Palmeiras, a possibilidade de se livrar do pagamento dos vencimentos de um atleta que não proporciona ao clube a justificativa pela alta pedida salarial.

Embora tenham a mesma base salarial, Barrios poderia ser peça chave no elenco de Tite e não seria "peso morto" no Corinthians. #Campeonato Brasileiro