Dentro de campo, a dúvida do Timão: o goleiro Cássio joga? Fora das quatro linhas, outra indagação: serão finalmente anunciados os prometidos naming rights da Arena? Essas questões só serão respondidas neste domingo, bem próximo do início do jogo #Corinthians x Grêmio.  A partida será atração na programação esportiva da TV Globo e do canal pago Premiere FC, com transmissão, ao vivo, às 16h.

A indefinição sobre a presença ou não de Cássio surgiu com a notícia do falecimento de sua avó, em Veranópolis, no Rio Grande do Sul. Ele viajou para lá e não se sabe se voltará a tempo de jogar. Tite resolveu mudar o time titular em relação aos últimos jogos.

Publicidade
Publicidade

Marquinhos Gabriel ganhou a posição de meia e Giovanni Augusto fica na reserva; o zagueiro Balbuena substitui Yago, suspenso; e Lucca também vai para o banco, entrando Romero.

O provável Corinthians para a estreia no Brasileirão 2016 é: Walter, Fagner, Felipe, Balbuena, Uendel, Bruno Henrique, Marquinhos Gabriel, Elias, Rodriguinho, Romero e André.

Novas especulações sobre o anúncio definitivo dos naming rights da Arena Corinthians surgiram neste sábado, com uma possível entrevista coletiva, neste domingo, do ex-presidente corintiano Andrés Sanchez, sem pauta definida pelo clube.

No jogo de estreia, o Corinthians também apresenta sua nova camisa oficial, de linhas clássicas e que evoca uniformes usados nos primeiros anos de atividade do clube, fundado em 1910.

Já o Grêmio anunciou a contratação do lateral direito Edilson, ex-Corinthians, que já será aproveitado neste #Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Após o treino de sábado, o técnico da equipe, Roger Machado, ficou com uma dúvida na escalação, entre Douglas, Bobô ou Everton. O lateral Marcelo Oliveira tem retorno garantido.

O técnico da equipe gaúcha deve mandar a campo: Marcelo Grohe, Ramiro, Pedro Geromel, Fred, Marcelo Oliveira, Walace, Maicon, Giuliano, Luan, Miller Bolaños e Bobô (Everton/Douglas).

A arbitragem ficará por conta de Wilson Pereira Sampaio, de Goiás, auxiliado por Alessandro Matos e Guilherme Camilo. #PaixãoPorFutebol