Depois de fazer 1 a 0 sobre o América/MG no último domingo, na Arena Independência, na sua estreia, o #Fluminense se reapresentou na manhã desta segunda-feira, nas Laranjeiras, iniciando os seus preparativos para o próximo desafio no Campeonato Brasileiro de 2016. Como de praxe, o técnico Levir Culpi dirigiu uma atividade tática para os reservas. Enquanto isso, os titulares faziam um trabalho regenerativo, primeiramente na academia e, logo em seguida, ao redor do gramado.

Após queixar-se de dores musculares no compromisso do final de semana, quando, inclusive, foi substituído por Giovanni, Jonathan passou por reavaliação clínica e nada foi constatado.

Publicidade
Publicidade

Segundo o departamento médico, o lateral-direito, que fez fisioterapia, estará à disposição. Outro que pode retornar é Pierre. Livre de um incômodo na panturrilha direita, o volante retornou aos trabalhos e mostrou desenvoltura. Caso ele volte, é possível que entre no lugar de Édson.

Liberados, os atletas só treinam na quarta, à tarde, novamente nas Laranjeiras. O próximo desafio do Fluminense pelo Brasileirão acontecerá no sábado, às 18h30 (de Brasília), no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, contra o Santa Cruz, que também estreou vencendo (4 a 1 no Vitória/BA, no Arruda).

Fred ressalta importância de quebra de tabu

Com um gol aos 38 minuto do primeiro tempo, depois de bela assistência de Richarlison, Fred deu fim a um tabu de oito jogos oficiais sem vitórias do Fluminense sobre o América/MG.

Publicidade

Em entrevista concedida ao site oficial do Tricolor ainda em Belo Horizonte, cidade onde foi realizada a partida, o camisa 9 fez questão de exaltar a importância dessa escrita ter acabado.

"Deu tudo certo para nós nesta estreia. Já tinha passado da hora de ganhar um jogo do América-MG. Um clube da grandeza do Fluminense não podia ficar sem vencer um adversário tanto tempo. Melhor ainda que foi na casa deles. Criamos as melhores oportunidades, dominamos a maior parte do tempo e eu fico muito satisfeito em poder ajudar o Fluminense a quebrar mais uma marca", declarou o atacante, que foi revelado nas categorias de base do time mineiro.

Desde 2009, ano de sua chegada às Laranjeiras, Fred já balançou as redes adversárias em 171 oportunidades. No momento, ele é o terceiro maior artilheiro da história do Fluminense.