A polêmica envolvendo os técnicos de #Palmeiras e Atlético-PR aumentou o clima de rivalidade dos times. Nesta sexta-feira, o atleticano Paulo Autuori tornou público seu desagrado com as declarações do palmeirense Cuca, sobre as chances de o Verdão ser o campeão brasileiro. Autuori reclamou: “Não dá para cravar que você será campeão de uma competição como o Brasileiro, porque é um torneio muito disputado. Achei pretensioso. O Cuca é um excelente técnico, mas não dá para fazer uma previsão dessas em um campeonato como esse”.

Questionado sobre essa crítica, o técnico palmeirense rebateu: "Não sou presunçoso, nem pretensioso.

Publicidade
Publicidade

Apenas luto pelo título brasileiro. Vou lutar para ser campeão. E a gente vai ser campeão, se Deus quiser”.

Divergências à parte, Palmeiras e Atlético-PR abrem a primeira rodada do Brasileirão 2016, neste sábado (14), às 16h, no Allianz Parque. O jogo terá transmissão, ao vivo, do canal Premiére FC.

O técnico Cuca vai escalar Tchê Tchê, de 23 anos, recém contratado junto ao Audax, e passa a contar com Luan, atacante que atuou no Palmeiras durante três anos e foi relacionado para a partida. Dos outros reforços, Fabiano também está à disposição do treinador, mas Fabrício ficou de fora.

A equipe titular do Palmeiras deverá ser: Fernando Prass, Tchê Tchê, Thiago Martins, Vitor Hugo, Egídio, Jean, Matheus Sales, Róger Guedes, Cleiton Xavier, Gabriel Jesus e Lucas Barrios.

Já no Furacão paranaense, campeão estadual deste ano, o único desfalque é o volante Deivid, contundido na coxa.

Publicidade

Para divulgar a escalação final, o técnico Paulo Autuori precisa decidir quem serão os titulares em duas posições. Para o meio de campo, ele deve optar entre Pablo e Vinícius, enquanto pelo lado direito a concorrência está entre Léo e Eduardo.

O provável time a entrar em campo será: Weverton, Léo (Eduardo), Paulo André, Thiago Heleno, Sidcley, Otávio, Jadson, Vinícius (Pablo), Ewandro, Nikão e Walter.

O árbitro será Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Thiago Henrique Farinha e Luiz Claudio Regazone, todos do Rio de Janeiro. #Campeonato Brasileiro #PaixãoPorFutebol