Afrânio está cada dia mais diferente do jovem sonhador da primeira fase de #Velho Chico. Por isso, o coronel autoritário e extravagante vem afastando a todos que ama. Após Martim ir embora da fazenda e reaparecer em busca de seu passado, agora é a vez de Iolanda perder a paciência com o marido e sair de casa. Saiba tudo sobre as cenas que o Extra adiantou!

A gota d'água para Iolanda acontece durante mais uma briga com Afrânio. Ele desconfia das andanças da esposa e começa a questionar o que tanto a cantora faz fora de casa. Ela diz que esteve na igreja, no mercado e acabou perdendo a hora batendo perna por lá. Mas é claro que o Saruê não acredita e começa a ofender a companheira, dizendo que dessa vez não será enganado.

Publicidade
Publicidade

Iolanda pele para pararem de brigar e tenta ser carinhosa com Afrânio, mas isso acaba o irritando ainda mais. "Eu vou descobrir e darei um jeito nesse sujeito...", ameaça ele. Então a cantora pergunta se ele fará o mesmo que já fez com Amadeu. E é então que as desconfianças da morena se confirmam e o marido confessa que sempre dará um jeito em qualquer um que se engraçar com sua mulher.

Chocada, Iolanda fica decepcionada por ver que o marido provocou o sumiço do homem. "A lição que dei naquele vagabundo ainda foi é pouca!", confessa o Saruê. Iolanda ainda diz que o marido está fazendo um papel ridículo de velho ciumento e o coronel responde que a esposa deveria se dar ao respeito, pois seus ciúmes significam o resto de amor que ele ainda tem.

Mas Iolanda se cansa de vez e diz que o marido não sabe agir com amor, apenas com violência. Então ele continua suas ameaças e manda a esposa andar na linha, pois tem olhos em todo lugar.

Publicidade

A morena fica ofendida e pergunta se ele acredita que está sendo traído. O pai de Tereza não responde, mas insiste que a companheira precisa se dar ao respeito.

Daí Iolanda afirma que aguenta as ofensas da sogra pelo bem da família, mas não vai tolerar ser considerada como uma rapariga pelo próprio marido. "Qualquer dia, eu junto minhas coisas e vou embora daqui coronel! Caio nesse mundo, e você nunca mais vai ter notícias minha!", desabafa ela. Sem se abalar, Afrânio deixa claro que a companheira está livre para ir embora, contanto que não leve nada.

Iolanda confirma que não deseja levar nem a roupa do corpo e encerra a briga dizendo que "não existe amor que resista a um Saruê!". Ela sai da sala e deixa o marido furioso. Afrânio pergunta onde a companheira pensa que vai e ela responde que vai sair. "Não se atreva a me dar as costas, mulher! Não se atreva Iolanda...", diz o pai de Martim, que acaba a cena gritando sozinho na sala enquanto Iolanda sai de casa. #Entretenimento #Conectados