Para os apaixonados e também cachaceiros temos uma boa notícia, podem se unir e procurar o seu par, pois pesquisadores da Universidade de Michigan revelaram uma maravilhosa noticia para quem adora beber acompanhado de seu amor! Aliás, existe coisa melhor que isso? Essa notícia foi publicada pelo jornal de psicologia da Oxford, o estudo afirma que alguns drinks são os verdadeiros segredos para um relacionamento se tornar harmonioso e duradouro, isso pode parecer loucura, mas não deixa de ter sentido.

Casais acima de 50 anos mostraram viver um casamento mais harmonioso quando  compartilham o mesmo gosto pela bebida, sem receber críticas ou serem censurados pelo seu par.

Publicidade
Publicidade

Quando um bebe e o outro já não gosta, o desgosto chegava mais rápido e acabavam vivendo de mãos dadas com a insatisfação no relacionamento. Certamente você já deve ter visto alguma discussão de casal por causa de bebida, principalmente quando um está para lá de Bagdá e o outro sóbrio – Infelizmente, isso é bem comum entre os casais onde um bebe e o outro não!

Estudiosos reuniram aproximadamente 4.864 casais, entre 25 e 33 anos de casamento, tudo isso com a intenção de entender como a bebida afeta as relações afetivas duradouras. Eles precisavam responder qual era a frequência que bebiam juntos, e também a quantidade de álcool que consumiam. Porém, a quantidade não fez muita diferença nos resultados, desde que eles não estivessem bebendo além da conta.

A pesquisa também revelou que, em mais da metade dos casais, ambos os cônjuges gostavam de beber.

Publicidade

Mas, naquele relacionamento que apenas um mantinha esse hábito, os maridos eram mais propensos a beber do que suas mulheres. Por outro lado, nos relacionamentos que as mulheres bebiam e seus maridos não, elas desabafaram contando que eram infelizes no casamento.

O que mais preocupou nos resultados é que cerca de 20% dos homens e 6% das mulheres costumam consumir álcool em excesso. De acordo com estudiosos, pessoas com esse tipo de vício podem, sim, ser mais felizes, porém, têm chances de construírem um relacionamento mais destrutivo. #Curiosidades #Conectados