O pompoarismo é um conjunto de técnicas de exercícios que trabalham a musculatura do órgão sexual feminino. Essa técnica oriental é muito antiga e consiste na contração e relaxamento dos músculos circunvaginais, também chamados de MAP, para aumentar a libido sexual da mulher. Mas, além disso, ele ainda promete ser benéfico para problemas como: incontinência urinária e para a preparação do canal do parto para gestantes.

Para praticar o pompoarismo com segurança, o recomendável é que a mulher peça orientações a um especialista no assunto para saber qual é o tipo de musculatura que ela possui e quais são os treinos mais indicados para o seu caso.

Publicidade
Publicidade

Porém, veja abaixo alguns exercícios mais simples que podem ser realizados por qualquer mulher, independente de qual musculatura ela tenha.

Mas, atenção, esse tipo de treino deve ser realizado à risca na ordem correta para evitar que ocorram problemas como tensões musculares ou fadigas.  Esses exercícios podem ser feitos em qualquer lugar a qualquer hora, então, preste atenção e decore a ordem deles.

1 - Relaxamento dos músculos vaginais

Para começar, esvazie bem a sua bexiga e tire toda urina.  Contraia levemente os músculos da vagina como se estivesse segurando o xixi, depois relaxe de forma bem intensa como se estivesse eliminando a urina. Repita isso 10 vezes, faça duas séries com um intervalo de 20 segundos entre elas.

2 - O Fortalecimento

No exercício de fortalecimento, você vai fazer o oposto do que fez antes, vai fazer um leve movimento de expulsão da urina, seguida de uma forte contração da vagina.

Publicidade

Repita 25 vezes, em 4 séries intervaladas.

3 - A contração

Neste exercício, a mulher tem que contrair os músculos vaginais (MAP) e sustentar essa contração pelo tempo que ela aguentar. Para se ter maior controle, é preciso cronometrar o tempo que ela consegue sustentar a contração com o objetivo de estar superando esse tempo no dia seguinte.

Esse é um dos exercícios do pompoarismo que rende maiores resultados, então foque nele, pois é um dos mais importantes da técnica.

4 - Trabalhando a coordenação motora

Embora esse exercício seja um pouco mais difícil do que os outros, também deve ser feito para se ter bons resultados. Para executá-lo, basta utilizar a respiração junto com as contrações da MAP.

Inspire profundamente e solte o ar junto com o mesmo ritmo das contrações, ao inspirar novamente, relaxe a MAP juntamente. Faça esses movimentos sempre que puder sem regras, porém, lembre-se que, quanto mais ele for executado, mas rápido os resultados aparecerão.

5 - Conhecendo o corpo

Para fazer esse exercício, sente-se, se for possível, e comece a movimentar o quadril para frente, para trás, para um lado e para o outro, tente fazer o máximo de movimentos que puder.

Publicidade

Quando sentir que pegou o jeito e já está a vontade, inicie as contrações da MAP, faça isso quantas vezes quiser e puder.

Depois de três meses praticando esses exercícios todos os dias, se você já estiver satisfeita com os resultados, passe a fazer apenas um deles uma vez por dia só para manter o que já conquistou e seja feliz! #Dicas #Curiosidades #Saúde