Manter um relacionamento duradouro nem sempre é tão simples assim. Isso porque cada um de nós tem suas próprias características e nem sempre é fácil aceitar algumas vontades do outro. Ter discursões bobas em um relacionamento é comum, e provavelmente você já terá passado por alguma dessas, veja abaixo:

 

  • Escolher o que assistir na TV: quem está com o controle nas mãos é que manda? Nem sempre! Quem nunca brigou querendo tomar o controle da mão de alguém? Ainda mais na hora da novela, ou de um seriado preferido.
  •  Bateria do celular que acaba: mas como a bateria acabou e a pessoa conseguiu visualizar a mensagem? Estranho isso. Pronto, formou-se uma briga boba.
  • Faltar o papel higiênico: quem entrou por último é o culpado. E começa aquele "discursão" para descobrir quem foi. E ninguém admite nada.
  • Porque eles nunca fecham a torneira direito: nem a torneira, nem as portas do guarda-roupa. Se abriu, porque não consegue fechar? 
  • Em um jantar, não quer sobremesa, mas quando chega a sua, quer provar: a parte mais gostosa de uma refeição é o final. O doce! As vezes acontece de já estar satisfeito e não pedir, mas quando chega a do parceiro (a), quer provar. Isso é irritante, "né"? Ninguém quer dividir doce. 
  • Músicas no carro: como cada um gosta de um estilo de música, ao entrar no carro, e ligar o som, inicia-se uma briga boba. 
  • Dizer que errou o caminho: seja o homem, ou a mulher, quando ouve isso, fica totalmente irada (o). Tudo bem que ele (a) sabe que errou, mas não quer ouvir ninguém falar. 
  • Tem o ar condicionado do carro: as mulheres, em especial, sentem mais frio que os homens, e isso pode acabar em outra briga. Um quer ligar, o outro não. 
  • Jantar fora: mas onde? E quando um resolve dá uma opinião, o outro não aceita. Mas porque não escolhe então? Inicia-se aquele discursão, e as vezes acabam por nem sair mais. 

Todo casal tem suas briguinhas, mas temos que reconhecer que muitas dessas brigas podem proporcionar muitas risadas depois.

Publicidade
Publicidade

O importante é saber que temos diferenças, e que nem sempre vamos concordar com o outro. Porém, ter consciência que em um relacionamento é preciso ter maturidade suficiente para entender isso.

Você já teve alguma dessas? Comente!

  #Dicas #Curiosidades #Comportamento