Muitos decidem fazer faculdade de medicina #Veterinária, mas não imaginam como isso vai mudar a própria vida. Quem pensa que a alteração vem só da intensa carga horária do curso e da diversidade de coisa que tem que aprender se engana. Muita coisa nova vai começar a acontecer na rotina diária, seja no restaurante, em casa, no Natal ou até no meio de uma festa, a vida nunca mais será a mesma.

Veja também: Cinco curiosidades que todo dono de pet precisa saber sobre o veterinário

Mudanças que todo estudante de veterinária tem em sua vida

1 – Que bicho é esse?

Assim que você assiste ao primeiro dia de aula parece que você passa a se tornar o conhecedor de todos os animais do planeta.

Publicidade
Publicidade

Não importa a espécie, sempre que alguém quiser saber o nome de um inseto, peixe ou qualquer outro animal, vai procurar o estudante de veterinária ou o veterinário para saber.

O pior é que muitos ficam assustados quando você diz que não sabe. “Como pode? Não está na faculdade de veterinária, deveria saber...”.

2- Meu cachorrinho está...

Não importa se você está em uma festa, na fila do banco, tentando almoçar ou até na fila do banheiro, sempre alguém perto de você vai ter um cachorrinho, que tem alguma coisa e que a pessoa quer que você decifre, a distância, o que é.

A história do cachorro que não quer comer e que alguém quer que o diagnóstico seja feito por telepatia, praticamente, persegue os veterinários, independentemente da área de atuação. Você já passou por algo assim?

3- Então é Natal...

Primeiro ano de faculdade e chega o esperado Natal...

Publicidade

Família reunida, quase todos com #Animais de estimação e chega aquele que pode resolver todos os problemas. Sim, depois de pisar em uma faculdade para estudar #Medicina veterinária, todos os encontros em família terão como tema principal, principalmente com você, animais. Os temas variam, desde uma doença que o pet teve há cinco anos até a comida que ele mais gosta. Está preparado?

4- E no Facebook...

Sim, você vai começar a receber mensagens, de gente que você nem conhece, perguntando o que pode dar para o cachorrinho que tem alguns sintomas. Explicar que a pessoa deve leva-lo a uma clínica nem sempre é fácil...

5- Você gosta de bicho então...

Como você estuda ou é formado em medicina veterinária, todo mundo conclui que você gosta de animais. Por isso, sempre que um animal dá cria, é para você que alguns vão oferecer os filhotinhos para adoção. Afinal, você gosta, não é?

Há outra mudança na vida do médico veterinário que você queira acrescentar? Deixe seu comentário"