#Natal é exuberante e muitas são as razões que a tornam especial. A cidade tem cerca de 400 quilômetros devidamente guarnecidos por belíssimas piscinas naturais, recifes, dunas e falésias e são estas riquezas da natureza que colocam a capital do Rio Grande do Norte como o destino preferido de todos os turistas, sejam brasileiros ou estrangeiros.

Uma das principais atrações são os passeios de buggy pelas dunas mas os arredores da cidade oferecem ainda muito mais lazer como visitas às vilas de pescadores, de aspecto rústico e construídas com a chegada dos holandeses no século XVII, baladas noturnas bastante agitadas e sol, muito sol em qualquer estação do ano.

Publicidade
Publicidade

Outro lugar que os turistas não podem deixar de conhecer é o Forte dos Reis Magos. A fortaleza é um dos cartões postais da cidade por manter seus velhos canhões em exposição no local e principalmente por apresentar uma privilegiada paisagem com vistas às praias que banham a parte povoada da capital, com destaque para Ponta Negra, a mais concorrida por conta da presença de inúmeros quiosques que bombam durante o dia, e outras dezenas de excelentes restaurantes e bares que tornam sensacionais as noites dos turistas.

É importante que o turista providencie a reserva de aluguel de um carro, preferencialmente um buggy, para chegar a locais mais afastados da região urbana como as dunas de Genipabu e as lagoas de Jacumã e Pitangui, ao Norte de Natal, que oferecem espetáculos à parte como o 'aerobunda' e o 'esquibunda'.

Publicidade

Ao sul da capital potiguar as praias são mais tranquilas e tem como destino a Vila de Pipa, distante cerca de 90 quilômetros do centro.

As dunas de Genipabu fazem do lugar um grande parque de diversões para marmanjos, que podem fazer manobras radicais a bordo dos buggys tanto nas dunas fixas quanto nas móveis, além de passear montados nas corcovas de dromedários.

A Lagoa de Genipabu pode ser apreciada do pico do monte de areia tendo o Bar 21 como o local mais registrado em fotos pelos turistas por ficar aos pés da duna com um coqueiro retorcido pelo vento compondo sua imagem.

O passeio de um dia em Vila de Pipa é quase todo feito, com buggy, pela praia (nos dias de semana), passando por lagoas e mirantes e terminando em um dos cenários mais belos do litoral potiguar.

Ponta Negra é a praia predileta de muitos turistas com barracas animadas na orla e um mar que reúne banhistas, surfistas, adeptos do windsurf e do kitesurf, além da turma do stand-up paddle - a maioria mulheres. Tem como marca registrada o Morro do Careca, uma duna de 120 metros de altura.

Publicidade

Se a pedida for por águas calmas, o lugar é esse: Barra de Tabatinga. É muito procurada por famílias com crianças que lá encontram barracas e restaurantes de praia. Tabatinga é a última praia do litoral Sul de Natal e quem garante a fama da praia são os golfinhos, que costumam brindar os visitantes que se dirigem ao mirante da estrada, no final da tarde, para vê-los.

Pirangi do Norte é conhecida pela proximidade com o maior cajueiro do mundo, com 8.400 metros quadrados de copa. De lá partem os passeios de barco para as piscinas naturais, passando ainda pelas praias de Pirangi do Sul, Búzios e Cotovelo, com paradas para mergulho.

A 55 quilômetros de Natal (Litoral Norte), Maracajaú é um famoso distrito com suas formações de corais a sete quilômetros da costa. Na maré baixa, os recifes formam piscinas de águas mornas e cristalinas onde é possível mergulhar em meio a peixes coloridos. Bastante preservadas, as formações abrigam rica fauna marinha como budiões, baiacus, robalos, polvos e moréias.

O Parque das Dunas ocupa uma área equivalente a mais de mil campos de futebol. É repleto de dunas e mata nativa e pode ser explorado em três trilhas guiadas: Ubaia Doce, que percorre trecho de mata fechada até o mirante com vista para o mar (4,4 quilômetros, 2h30); Peroba, que passa por um mirante com vista para o Morro do Careca (2,4 quilômetros, 1h30); e Perobinha (800 metros, 40 minutos), tranquila, boa para fazer com crianças. #Turismo #Viagem