Fazer amor se resume em uma troca de prazer e caricias entre o casal, mas infelizmente pode acontecer a insatisfação com o ato sexual. Quando isso acontece, muitas pessoas acabam recorrendo aos estimulantes sexuais que encontramos facilmente em muitas farmácias. Isso pode ser uma ótima alternativa para que essa situação se resolva.

Esses tipos de estimulantes sexuais são elaborados para auxiliar mulheres e homens que estão sentindo dificuldades em se satisfazer sexualmente e pode dar aquele “gás” extra na hora do prazer. Mas antes que você decida fazer o uso de qualquer estimulante sexual, é extremamente importante que você conheça seus benefícios e riscos.

Publicidade
Publicidade

Os afrodisíacos naturais são uma boa alternativa, pois eles podem regular os nossos hormônios sexuais, contribuindo para o aumento da testosterona, que é o hormônio responsável pelo desejo sexual. Para que você consiga entender melhor sobre eles, a ginecologista Maria Elisa Noriler revelou quais são os afrodisíacos naturais que podem dar aquela turbinada no desejo sexual feminino e tornar a hora do amor mais satisfatória e prazerosa para o casal, acompanhe:

Catuaba

Certamente você já ouviu falar que a catuaba é um potente afrodisíaco. Ela pode ser consumida por cápsulas, em chás ou em pó. Aquelas bebidas que carregam a planta em sua fórmula não atuam como afrodisíaco, pois contêm uma quantidade mínima da planta. A planta só vai oferecer o que você procura na forma natural ou sendo manipulada em farmácias de homeopatia.

Publicidade

A catuaba aumenta os níveis de testosterona, elevando consideravelmente a irrigação sanguínea na genitália, em ambos os sexos. Para os homens, a planta oferece benefícios na ereção, e nas mulheres, ela faz com que a sensação de prazer aumente.

Marapuama

A ginecologista Maria Elisa conta que essa planta veio diretamente da Amazônia e é encontrada facilmente em lojas de produtos naturais. A planta faz com que a circulação sanguínea se torne mais intensa, oferecendo um aumento na lubrificação feminina e a excitação torna-se mais longa.

Mel

Aquele alimento docinho e gostoso também pode ser utilizado como um afrodisíaco muito potente. Além de ser um alimento rico em vitaminas do complexo B, ele também induz a produção de testosterona, que aumenta o desejo sexual. Só precisamos lembrar que o alimento é calórico e pode aumentar a glicemia no sangue, por isso devemos consumir com moderação.

Alecrim e manjericão

Utilizados com aromatizantes e nas refeições, essas duas plantinhas também podem ser usadas como estimulantes sexuais.

Publicidade

A ginecologista detalha que eles proporcionam um aumento na circulação sanguínea na região íntima da mulher e do homem, trazendo benefícios na hora da lubrificação, ereção e excitação. Tomando um chazinho das plantas você pode aumentar o prazer e garantir uma maravilhosa noite de amor, explica ela.

Tribulus terrestris

Essa pequena plantinha carrega uma poderosa ação afrodisíaca. Ela faz com que a produção de testosterona eleve, aumentando a circulação sanguínea na região da vagina, útero e ovário, fazendo com que os hormônios cheguem com mais facilidade ao local, oferecendo uma lubrificação mais intensa é uma dose de excitação maior. Para os homens, a plantinha oferece uma ereção melhor e maior, aumentando também a excitação sexual masculina e feminina. Ela também faz com que os níveis de progesterona e estradiol sejam estabilizados, melhorando os sintomas da menopausa e TPM. Para consumi-la, você pode recorrer às formulas manipuladas e também através de medicamentos fitoterápicos. Indicamos que você consulte seu ginecologista antes de consumir qualquer medicamento que contenha a planta em sua fórmula. #Dicas #Comportamento