O #Relacionamento íntimo entre as pessoas é algo muito natural em sociedade. Alguns se relacionam intimamente com frequência, outros, poucas vezes e, também, tem o público que demora muito tempo para voltar a transar de novo. Isso, muitas vezes, tem a ver com o comportamento pós sexo dessa pessoa, que pode estar afastando possíveis interessados. Por isso, nessa matéria, estão elencadas algumas atitudes constrangedoras que algumas pessoas fazem e que afastam os interessados sexuais.

Os itens contidos abaixo também servem para aquelas pessoas que ainda não tiveram um relacionamento íntimo, ou seja, os virgens. Para eles, a ‘primeira vez’ é sempre algo totalmente curioso, nervoso e totalmente fora do comum.

Publicidade
Publicidade

No entanto, mais cedo ou mais tarde, ao que parece, é inevitável que as pessoas encontrem um parceiro ou parceira que os encantem bastante e, após um tempo, acabem indo parar em uma cama. Veja abaixo alguns erros cometidos por pessoas que ainda não têm experiência com sexo.

Depois da transa, ficar de ‘grude’ com o(a) parceiro(a)

Quem gosta de sufoco? Ninguém. Nem homem e nem mulher não são muito adeptos do popular ‘grude’. Esse é um grande erro dos inexperientes com sexo. Principalmente, se o sexo foi bom, assim, o grude aumenta ainda mais. Portanto, cuidado, não sufoque sua(seu) parceria(o), nada de mais e nem de menos pode ser feito, a não ser que você não queira mais voltar a transar.

Agir com nervosismo ao ponto de esquecer de usar a camisinha

O preservativo é, de fato, algo muito importante, principalmente quando as pessoas não têm certa intimidade.

Publicidade

Às vezes, o calor da paixão e a ânsia de amar acabam fazendo com que as pessoas esqueçam que aquele momento de transa não será o único, poderão vir dezenas de outros momentos iguais. Portanto, não usar camisinha ainda é um erro, a não ser quando o casal se conheça bem e exista muita confiança entre os dois.

Criar expectativas sobre o que o outro está pensando

Esse item é bem parecido com o anterior, no entanto, ele é ainda pior porque a pessoa deixa de viver para pensar sobre se o outro gostou ou não gostou da transa. Agir naturalmente é a melhor maneira e, para esses casos, infelizmente, o que foi feito está feito, ninguém muda o passado. O que resta é esperar que a outra pessoa, após um tempo, demonstre novo interesse.