Antes de responder, você precisa conhecer a diferença entre eles. Abrangeremos um pouco da história dos mais polêmicos e curiosos seres que povoam o nosso imaginário'.

#Zumbis são personagens originários de antigos rituais haitianos, onde feiticeiros forçavam seus prisioneiros a ingerir uma ‘poção’, que fazia com que as vítimas aparentassem estar mortas, porém, algo de muito estranho acontecia, pois não estariam eles sem vida em sua totalidade, mas ainda assim eram enterrados. Na sequência do ritual, um feiticeiro comandava os procedimentos, retirava os corpos das covas, e detinha sobre aquele ser o total controle, tornando-se então uma ‘marionete’ movida a feitiçaria.

Publicidade
Publicidade

Com o passar dos anos, o tema zumbi se espalhou por todos os cantos, passando pela literatura, cinema, games e quadrinhos. Os mortos-vivos (zumbis) ganharam cada vez mais espaço. Na teledramaturgia, centenas de filmes e dezenas de séries foram produzidas, entre elas a mais aclamada pelo público: ‘#The Walking Dead’.

Os vampiros são seres mitológicos sugadores de sangue. A notoriedade se deu a partir de um homem ‘mortal’, o famoso Vlad III, conhecido como o ‘empalador’, que reinou em uma região da Romênia em 1448, temido por seus inimigos e pela sua crueldade. Filho do Conde Vlad II, as pessoas achavam que o filho, na verdade, era o pai que havia ressuscitado, passando a ser imortal, surgindo então a lenda do ‘#Conde Drácula’. Vlad III tinha um hábito muito sinistro, ele gostava de se fazer suas refeições entre os corpos empalados por ele, onde deu origem à história que ele se alimentava de sangue humano.

Publicidade

O Conde foi assassinado brutalmente pelos turcos em 1478. O corpo foi desmembrado, e a cabeça exposta na Constantinopla, e o que sobrou em uma cova na cidade de Snagov. O mistério ficou ainda maior, porque, em 1931, quando escavaram, não havia qualquer sinal de ossada humana, no lugar havia apenas restos de animais.

Os vampiros modernos já são bem diferentes, como na saga ‘Crepúsculo’ , que, além de atraentes, cheios de charme, bem sucedidos, eles ainda podem conviver entre os humanos, levando uma vida ‘quase’ normal, incluindo banhos de sol sem queimaduras letais.

E então, qual deles faz seu gênero?