#Praga é a capital da República Tcheca, país da Europa Central que, até meados da década de 90, formava a Tchecoslováquia junto com a vizinha Eslováquia. Esta cidade, que é a principal cidade do país e, portanto, polo de empregos da região da Boêmia, tem o #Turismo como uma de suas principais atividades econômicas. Praga recebeu em 2016 o impressionante número de 5,81 milhões de turistas, o que faz seu centro histórico parecer uma amostra de cada parte do mundo devido à quantidade de pessoas de diversas nacionalidades que ali estão só para conhecer essa magnífica metrópole.

Não se pode dizer que a cidade não está preparada para isso.

Publicidade
Publicidade

O sistema de transporte público é realmente eficaz, não falta hospedagem para os visitantes e o nível de segurança é elevadíssimo. Um fato curioso é a quantidade de absinterias, ou absinth shops, que se encontram pelas ruas. Essa bebida verde com cerca de 70% de álcool em sua composição é bastante consumida na República Tcheca e, devido a oferta, pode ser comprada por um preço bastante acessível. É possível obter uma garrafa de 500 ml por 540 coroas tchecas(aproximadamente R$ 77,00).

Mas, o que faz Praga ser tão visitada é principalmente seus pontos turísticos. Alguns deles listados aqui:

Castelo de Praga

Essa definitivamente a atração mais famosa da cidade. Situado na Colina Hradcany, margem ocidental do Rio Moldava, local de fundação de Praga. O castelo sempre foi sede de imperadores, conquistadores e chefes de Estado e assim é até hoje.

Publicidade

É a residência oficial da presidência tcheca. Porém, isso não é empecilho para visitação. O local é apinhado de turistas durante todo o dia, todos os dias.

Na área do complexo encontra-se a Catedral de São Vito, igreja de arquitetura gótica, centro da vida espiritual de Praga que destaca-se pela imponência e beleza.

Por situar-se numa elevação o castelo proporciona uma linda vista da capital tcheca.

Ponte Carlos

Outro ponto extremamente visitado do centro histórico de Praga. Esta ponte é umas dezoito pontes que ligam os dois lados da cidade separados pelo Rio Moldava. Era a única ponte de Praga no período de 1357 a 1841, portanto a mais antiga. Não há períodos do dia que não haja curiosos a passar e vislumbrar a beleza da Ponte Carlos. Sobre sua estrutura há várias estátuas de santos, além de vários artistas anônimos divulgando seus trabalhos em troca de qualquer contribuição financeira.

Praça da Cidade Velha(Old Town Square)

Coração histórico da Cidade Velha, esta praça abriga, entre outros, a Igreja Nossa Senhora de Tyn e os palácios Goltz-Kinských, do Sino de Pedra e a casa U Minutu.

Publicidade

Curiosos passam horas em frente ao Relógio Astronômico tentando entender seu funcionamento e muitas vezes não obtém sucesso. Sobre este relógio há uma torre que permite aos turistas admirarem do alto a praça e seus arredores. Há quem tenha dificuldade em dizer qual vista é a mais bela, a diurna ou a noturna.

Vyšehrad

Mais uma atração que oferece uma bela vista de Praga. A vantagem deste parque é a pouca quantidade de turistas a visitá-lo tornando o lugar ideal para relaxar, respirar ar puro, ler um livro ou até mesmo meditar. Como tudo na capital boêmia o parque é de fácil acesso(há uma estação de metrô com o mesmo nome do parque) e seguro. Lá em cima é possível visitar um cemitério e uma igreja mais modesta, porém não menos interessante que as demais.

Melhor época para visitar

O inverno tcheco é muito rigoroso com temperaturas abaixo de -20º C e períodos de intensa neve. Portanto, recomenda-se, àqueles que não são admiradores do frio, o turismo no verão europeu para melhor apreciação das belezas arquitetônicas que a cidade oferece. #Viagem