Nós somos diferentes, isso sabemos. Mas, na hora íntima, somos todos iguais, certo? Errado.

Os homens são completamente diferentes, na maneira de lidar com a intimidade, das mulheres. Isso inclui também os desejos mais íntimos que tem.

Quando você pensa em realizar algo fora do normal, seus pensamentos são tão íntimos, que talvez te façam corar. Mas isso é algo natural, e, segundo médicos, importante para o desempenho. A falta de fantasiar pode significar, até mesmo, uma queda no apetite sexual.

Nossa imaginação vai muito além do que podemos falar, e, por isso, em muitas vezes, alguns desejos acabam sendo escondidos e nunca realizados.

Publicidade
Publicidade

Seja por vergonha de dizer ao parceiro sobre suas vontades, ou pelo fato de não ter encontrado ainda aquela pessoa com a qual tenha vontade de realizá-las.

O psicólogo Oswaldo Rodrigues Jr. explicou que os homens têm fantasias totalmente diferente das mulheres, que são, na maioria das vezes, românticas.

Homens

Os homens, na maioria das vezes, criam seus desejos íntimos associados estritamente ao ato sexual. Eles gostam de imaginar situações em que estão realizando aquilo que estão guardando a sete chaves. A maioria dos homens pensa em ambientes perigosos, ser pegos na flagra por alguém, ou realizar o ato com uma mulher bonita e desconhecida. Não importam muito as circunstâncias, o que importa mesmo é a pornografia.

Mulheres

Já as mulheres sonham com algo mais romântico. Fantasiam o príncipe encantado, em algumas situações, e situações que envolvam emocionalmente.

Publicidade

Segundo o psicólogo, à medida que os anos passam, as mulheres estão mudando o jeito de pensar, mas, quase sempre, elas não perdem o olhar romântico das coisas que imaginam.

Não é errado criar fantasias na mente, e, embora muitas pessoas achem que isso seja obsceno, o médico explica que isso faz parte do ser humano, e faz muito bem para a saúde sexual.

"A fantasia que sempre será a mais completa, e satisfatória, deve ser aquela que, não ofende e nem prejudica as pessoas que estão envolvidas, as sadias", explica o terapeuta sexual Marino Gonçalves.

O mais importante é manter o consenso. Ter uma conversa com o parceiro para colocar seus desejos em pratica, de forma que, ambos fiquem satisfeitos.

Exponha suas fantasias de forma direta, e, se caso houver dificuldades de expressar, pode-se iniciar em forma de uma brincadeira durante a relação.

"Quando você abre caminho para que o parceiro exponha seus desejos, automaticamente você irá abrir caminho para falar sobre os seus", aconselha o médico. #sexualidade #Entretenimento #Curiosidades