Para os amantes da #Praia, do sol e do calor, a organização do Mercado Mundo Mix deve trazer o verão mais cedo para Campinas (SP). No dias 3 e 4 de dezembro, o maior evento de #Economia criativa do país, promete esquentar o clima da Estação Cultura, no centro da cidade, com a ambientação de uma praia artificial, que contará com areia e coqueiros, guarda-sol, mesas, cadeiras e bares. A entrada e o estacionamento são gratuitos e o evento acontece entre 12 horas e 21 horas.

A ideia da organização tem inspiração em um projeto da Prefeitura de Paris que ocorre na capital francesa desde 2002 (Paris "La Plage"), na margem direita do Rio Sena.

Publicidade
Publicidade

Para a estrutura da praia artificial campineira estão previstas aulas de dança, Day Party com dj's convidados e ao entardecer um luau, tudo embalado por muita música com ritmos de verão, drinks e pé na areia.

Expositores, alimentação e atrações gratuitas

Essa edição do Mercado Mundo Mix vai reunir mais de cem expositores no ramo da economia criativa, arte e artesanato, moda, decoração e também nas áreas da alimentação e trabalhos sociais, de acordo com informação divulgada pela organização. Os desfiles, exposições e apresentações são com foco em beach e summer wear.

A praça de alimentação do evento recebe o Festival de Food Truck com refeições completas custando até R$20,00, além de cervejas artesanais. A organização informou também que os trucks presentes são de hambúrgueres, culinária baiana, mineira, mexicana, italiana, peruana, oriental, massas, pastéis, batata frita em espiral, sorvetes, churros.

Publicidade

Além disso, haverá tradicionais chopes e cervejas artesanais, de pequenos produtores da região.

Já entre as ações sociais dessa edição, haverá oficinas, realizadas pelo Serviço de Saúde Cândido Ferreira, de trabalho de geração de renda, além do projeto Cão Noel, com desfile de cães premiados, arrecadação de ração animal e feira de adoção no estacionamento do local.

Mercado Mundo Mix

O evento foi idealizado pelo empresário Beto Lago no ano de 1994. Ligado à cultura urbana, o movimento visa promover ideias, tendências e talentos em diversas áreas e comercializar novas criações.