Em 2015, uma carta de #Amor viralizou nas redes sociais - e de tempos em tempos ela volta, pois é atemporal e trata de um assunto que está sempre em pauta e cada vez mais, pois pessoas sempre buscam por isso: o relacionamento ideal.

A responsável por isso foi a escritora canadense Isabelle Teissier. A carta foi intitulada "Quero estar solteira, mas com você", e nela ela narra como seria um casal ideal. Segundo a escritora, é possível manter uma relação sem que o casal precise estar sempre junto, sempre fazendo as mesmas coisas e sentindo-se sempre como se estivesse preso. Pode-se dizer que a carta é uma ode à liberdade nos #Relacionamentos, coisa difícil de se ver e de se conseguir administrar.

Publicidade
Publicidade

A difícil arte de "deixar e ser livre"

A carta escrita por Isabelle expressa o sentimento de milhares de pessoas, que também gostariam de estar em um relacionamento nesse nível. Há que se considerar que cada um tem a sua vida independente do outro, que traz consigo, quando embarca em um relacionamento: amigos, hábitos e convicções, principalmente. Mas parece que ao começar uma vida juntos, surge aquela necessidade de se transformar na unidade - o casal, só fazer coisas em que possa ir o casal, por exemplo. Quantas não foram as vezes em que você, que está lendo este texto, discutiu com seu companheiro por causa do futebol com os amigos? Um hábito que ele trouxe da sua vida de solteiro, e por que abandoná-lo, já que é um encontro de amigos? Imagina então se ele cogita em sair para uma noitada, como a escritora fala no texto e diz que quer que o amado conte sobre como foi a noite com os amigos e também sobre a garota que estava no bar, que paquerou.

Publicidade

A mulherada surta. Não é?

E a mulher que se era antes de embarcar no relacionamento? Como ela se sente? Não sente vontade também de sair para uma noitada com as amigas, ou de ter o programinha semanal, como o futebol deles? E cá entre nós, sabemos que não vamos sair para "pegar geral", então por que pensamos nisso quando nossos parceiros não estão conosco?

"Quero ter uma vida de solteira com você. Porque nossa vida de casal seria igual às nossas vidas de solteiros de agora, só que juntos." - para terminar, ela resume tudo em duas frases.

A carta é linda, caso você queira lê-la, procure na internet por "Quero estar solteira, mas com você". Leia, reflita e volte aqui para contar a sua opinião. #vida a dois