Não pense que um beijo e só mais um beijo. Esse é o começo para que você se torne inesquecível para a outra pessoa. Por mais que ela não vá te ver nunca mais, o intuito é sempre deixar uma lembrança boa.

Quando pessoas perguntarem ‘’qual foi o melhor beijo?’’, essa pessoa se lembrará de você, fazendo seu marketing pessoal, atraindo mais pessoas curiosas e interessadas em sua boca. Além de tudo, um beijo maravilhoso abre caminhos para futuros beijos e sexo. #Curiosidades

  • Quando sair de casa com o propósito de beijar alguém, a primeira coisa a se preocupar e com o seu hálito: escovar o dente é essencial. Durante o seu encontro ou sua saída, evite comer coisas fortes que poderão ser passadas pelo beijo posteriormente e tenha sempre uma bala ou goma de mascar para garantir que o seu hálito estará agradável.
  • Com seu hálito garantido, observe também a pessoa com quem vai ficar; se ela está fumando, bebendo ou comendo algo que você não goste, isto poderá causar constrangimento para você na hora do beijo.
  • Ao perceber que está rolando um clima entre vocês e que estão prestes a se beijar, não beije logo, faça disso um suspense curto para que sua boca seja mais desejada.
  • Chegada a tão esperada hora do beijo, vá com calma. Mostre que está seguro/segura do que está fazendo. Não chegue já abrindo a boca e colocando a língua; sinta os lábios primeiro, estimule mais a libido, toque suavemente o rosto e as costas, trazendo para mais próximo de você.
  • Não prolongue muito o beijo: pare e olhe nos olhos da pessoa para saber a resposta do se beijo, se pode continuar beijando ou deve parar.
  • Se notou uma expressão positiva, vá para o próximo passo: beijos mais intensos, mas comedidos, e não esquecer da pegada; pegar mais firme nas costas e na nuca é parte fundamental para ter mais êxito no beijo.
  • Os próximos passos você saberá como fazer. Se a pessoa gostou do seu começo, ela vai estar ansiosa para o final. Sempre que tentar algo diferente, espere um pouco e veja a resposta; se for positiva, continue assim e se for negativa, pare. Respeite os limites do outro.