Edimburgo é, definitivamente, uma cidade diferente. Não apenas por ser um patrimônio histórico, a capital escocesa tem uma história rica e obscura, que tornou-se tema de passeios que encantam e assustam o visitante ao mesmo tempo. E não pense que, por conta disso, os turistas deixam de amar Edimburgo. Um dos passeios mais requisitados por eles é a visita ao Cemitério #Greyfriars Kirkyard.

Para quem não dispensa uma boa atividade cultural, o cemitério é uma ótima dica. O detalhe é que os passeios são feitos de madrugada. O Greyfriars Kirkyard abre de dia, mas não há guias neste horário. À noite, guias treinados levam os visitantes para conhecer os lugares amaldiçoados de Edimburgo.

Publicidade
Publicidade

O tour chama-se “A cidade dos Mortos”. Bem sugestivo. Mais de 500 pessoas afirmaram ter experiências desconcertantes.

Depoimentos reais

Um casal de brasileiros recém-casados visitou Edimburgo em 2016 e relatou não ter participado dos passeios fantasmagóricos. A esposa do rapaz disse que não foi porque o marido não permitiu. Afinal, tinham se casado há poucos dias.

Preferiram ficar na cidade nova e só visitaram os locais assombrados de dia. Passar por sustos e arrepios não era uma boa maneira de começar um casamento.

A história de um ex-oficial destaca-se diante de tantas outras. Há alguns anos, ele participou do passeio ao cemitério. Naquela mesmo dia, voltou ao seu hotel e à noite leu o boleto de informações que recebeu quando visitava o Greyfriars Kirkyard. Detalhe que o folder continha todas as informações sobre as assombrações.

Publicidade

Logo sentiu uma dor aguda como se alguém estivesse tentando queimá-lo. Ao olhar-se no espelho, notou cinco cortes profundos no pescoço, abaixo do queixo.

Na manhã seguinte, foi à casa de sua mãe e contou-lhe o que aconteceu. Aterrorizado, entregou a ela o folder. Quando voltou mais tarde, ele a viu no banheiro. Ela se olhava ao espelho, examinando cinco grandes arranhões no seu pescoço, abaixo do queixo.

Entre segredos e muitos mistérios

Criado em 1560, Greyfriars Kirkyard é palco de lendas, histórias sangrentas, espíritos inquietos e aparições paranormais. Devido a ataque constantes, partes do cemitério foram lacradas e apenas um grupo seleto de pessoas visita o local.

Um detalhe é que no cemitério existe uma estátua do ex-presidente americano Abraham Lincoln para homenagear os soldados escoceses que morreram na #guerra de secessão (ou Guerra Civil Americana) entre os anos de 1861 e 1865, que ele liderou.

Uma turista e fotógrafa brasileira visitou o Greyfriars Kirkyard. Fez um passeio fotográfico de dia e registrou cada detalhe. Bem informada a respeito da história do cemitério, ela passeou por todo o local e, por sorte, não encontrou, nem sofreu nenhum ataque paranormal.

Até comentou que os fantasmas são tímidos de dia. Veja o vídeo completo, tire suas conclusões e curta bem o passeio.

#passeios assombrados